Em Teresina, 70 estações de embarque e desembarque serão construídas em corredores exclusivos

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

As modificações em vias urbanas de Teresina continuam. As obras na avenida Miguel Rosa, zona sul de Teresina, seguem diariamente onde está sendo construído um corredor exclusivo segregado, onde os passageiros irão embarcar e desembarcar através de estações construídas no canteiro central da avenida.

O objetivo é agilizar o trânsito dos ônibus aos terminais de integração reduzindo o tempo das viagens. “Os corredores são chamados segregados porque eles tem separação física das faixas de rolamento. Então elas serão sinalizadas através de taxo e ele é exclusivo porque contemplará apenas os ônibus. Cada estação será implantada faixa de pedestre”, disse Cíntia Machado, diretora de transporte público da STRANS.

Ao todo serão construídos seis corredores exclusivos segregados nas principais avenidas da capital. Ao longo deles serão implantadas cerca de 70 estações de embarque e desembarque climatizadas a fim de beneficiar os usuários. Os recursos em torno de R$ 30 milhões são oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento. O primeiro terminal de integração deverá começar a funcionar no mês de janeiro de 2016.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960