Em Salvador, circulação de ônibus garantida até quarta

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Os rodoviários da capital baiana ainda cogitam paralisação em meio às festas de fim de ano. No entanto, os ônibus estão garantidos aos usuários do transporte público até a próxima quarta-feira (23). A Prefeitura de Salvador, por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob), está mediando as negociações entre o Sindicato dos Rodoviários e o sindicato patronal. O impasse se resume ao não pagamento de bonificação baseado na Participação dos Lucros e Resultados (PLR).

A reunião entre representantes dos rodoviários e o chefe da Semob - Fábio Mota - aconteceu durante a tarde de ontem (21), na sede do governo municipal, no Centro da cidade. No encontro, os rodoviários reafirmaram a proposta que impediria uma possível greve.

“Os trabalhadores mantém a proposta de um abono, uma proposta defensável. A gente quer um abono que compense a PLR no período, mas eles [sindicato patronal] não querem colocar. Vamos aguardar até a quarta-feira, visto que o prefeito designou o secretário de transporte para fazer uma interrupção com os empresários”, informou o secretário de comunicação do Sindicato dos Rodoviários, Daniel Mota.

De acordo com ele, se os patrões abrirem espaço para negociação que favoreça os trabalhadores, é possível chegar a um denominador comum ainda este ano. “A gente acredita que sim, resolve esse ano. Se não tiver [acordo], perde a cidade, que acaba sendo a mais prejudicada. Não vamos fazer nenhuma movimentação agora, vamos esperar até quarta-feira para decidir”, destacou.

Em entrevista à Tribuna da Bahia, o secretário Fábio Mota revelou que ainda é cedo para analisar o imbróglio que envolve os rodoviários e o Sindicato das Empresas de Transporte Público de Salvador (Setps). 

“Nesse momento, a prefeitura só pode fazer o papel de mediação. A prefeitura não é patrão, nem é empregado. É uma negociação deles, interna, que estamos vendo o melhor jeito de resolver a situação da PLR. Ainda é cedo para falar em greve. Ouvimos um hoje, ouviremos o outro amanhã, depois tentaremos reunir as partes. Mas, ainda não é possível dizer se haverá greve ou não”, explicou Mota.

De acordo com ele, uma nova reunião será realizada hoje (22). Desta vez, entre a prefeitura e o Setps. “Ouvimos as reivindicações dos rodoviários, e agora vamos levar para o patronal. E, assim, tentar conseguir uma proposta para solucionar”, finalizou.

Informações: Tribuna da Bahia


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960