Mais de 1 milhão de usuários 'furam' a catraca por ano em Curitiba e RMC

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Um levantamento feito pelas empresas que administram o transporte coletivo em Curitiba e Região Metropolitana mostrou que mais de um milhão de usuários utilizam o serviço sem pagar a passagem por ano, conhecidos como "fura catracas". Diariamente, são 3.252 que entram nos ônibus sem pagar a passagem. O problema, de acordo com as empresas, gera um prejuízo anual de R$ 3,5 milhões.

"Quando a turma vem invadir a gente não pode fazer nada. Geralmente eles vêm em galera, em bastante gente. Como a gente não sabe qual será a reação deles, preferimos não interferir", desabafa o cobrador Nilton Martins.

A pesquisa apontou ainda que 49% dos invasores são formados por gangues ou vândalos, seguidos de estudantes (21%), outros usuários (12%) e torcedores de time de futebol (6%).

O diretor executivo das empresas de ônibus, Luiz Alberto Lens Cesar, disse que a fiscalização diária conta com a ajuda da Guarda Municipal e Polícia Militar (PM). "Nós trabalhamos em conjunto achando meios para que possamos inibir estas invasões".

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960