Campinas terá reconhecimento facial nos ônibus

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

A Transurc (Associação das Empresas do Transporte Coletivo Urbano de Campinas) anunciou nesta quinta-feira (12), em sua página no Facebook, que vai instalar um sistema de reconhecimento facial no transporte público de Campinas. O objetivo é evitar o uso indevido do cartão por usuários que usufruem algum tipo de benefício como os bilhetes únicos Escolar, Universitário, Gratuito (destinado a pessoas com necessidades especiais) e Gratuito Idoso.

Segundo a empresa, o projeto terá um custo de R$ 6 milhões para aquisição de câmeras, validadores de cartões e sistema para toda a frota. Uma câmera vai registrar o rosto da pessoa que passa na catraca com o Bilhete Único e enviar a imagem para a central de monitoramento, que vai identificar se o cartão pertence ou não à pessoa que o está usando a partir da comparação das imagens capturadas dentro do ônibus com as imagens de cadastro. Ainda de acordo com a Transurc, caso as fotos não batam com o cadastro, as imagens serão rechecagem manualmente por funcionários da empresa para confirmar se se trata ou não da mesma pessoa. Em caso de fraude, o bilhete é automaticamente bloqueado.

“Atualmente, o número de fraudes contra o sistema de transporte público é alto. A utilização de benefícios por quem não tem esse direito acaba onerando o sistema, com prejuízos para toda a população”, afirmou Belarmino da Ascenção Marta, presidente da Transurc. A expectativa é de que a partir de janeiro todos os ônibus da frota das concessionárias tenham o novo sistema instalado.

Por João Conrado
Informações: Todo Dia

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960