Projeto em SP amplia uso do Bilhete Único para empréstimo de bicicletas

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Os Paulistanos ganharam mais 17 estações de empréstimo de bicicletas integradas com o Bilhete Único. Agora, são 276 endereços à disposição e, aproximadamente, três mil bikes que podem ser utilizadas por 1 hora gratuitamente.

Do inicio de 2014 até o dia 12 de outubro, 31.427 usuários realizaram 136 mil viagens de bike utilizando o Bilhete Único. Todas liberadas em uma das 259 estações do BikeSampa.

O programa vem crescendo com a proposta de contribuir para a melhoria da mobilidade urbana e incentivar cada vez mais a integração entre os modais de transporte. O programa BikeSampa é conveniado com a Secretaria de Transporte e Itaú desde maio de 2013, e o CicloSampa é conveniado com a SMT e Bradesco desde o ultimo sábado, 10 de outubro.

Na medida em que as bikes se popularizam como meio de transporte, a cidade avança para garantir o espaço de deslocamento e segurança aos ciclistas. Atualmente, são 357 km de ciclovias e 1.968 vagas disponíveis nos Terminais de ônibus, todas gratuitas.

Funcionamento
Os ciclistas podem utilizar as bicicletas do programa por até uma hora sem pagar nada. Após uma pausa de 15 minutos, é possível retirar uma bicicleta novamente e pedalar por mais uma hora. Seguindo esta regra de intervalo, o serviço pode ser utilizado gratuitamente durante todo o dia. Somente caso o uso ultrapasse o tempo gratuito corrido de uma hora, será cobrada uma taxa de R$ 5,00 no cartão de crédito do usuário cadastrado.

Para utilizar as bikes é preciso se cadastrar nos sites oficiais dos programas:



0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960