Passageiros de ônibus reclamam de superlotação em terminal de Curitiba

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Os moradores de Curitiba que precisam usar o terminal de ônibus do bairro Cabral reclamam da demora e da superlotação dos coletivos. O espaço recebe passageiros de vários bairros da região norte da capital e também de municípios da Região Metropolitana. Entre as queixas, há relatos até de brigas para conseguir embarcar nos veículos.

“Dá briga. Eles discutem, xingam, empurram, não têm um pingo de educação”, conta a cozinheira Rosana da Silva. “Eu pego três ônibus todos os dias e é sempre a mesma coisa. Não tem diferença, é um pior que o outro”, diz outra passageira.

Os passageiros reclamam do aperto em que vivem diariamente pela superlotação. O quadro é pior nos horários de pico. De manhã, para evitar o problema, alguns esperam vários minutos, até que um ônibus menos cheio possa garantir algum conforto.

A situação atinge até os ônibus biarticulados, que podem transportar 270 passageiros por viagem. “Olha, normalmente, na segunda-feira, [espero] pelo menos quatro ônibus. Só que há duas semanas eu esperei nove biarticulados aqui. É ridículo isso aqui”, diz outro passageiro.

A Urbs e a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), autarquias que cuidam das linhas que atendem o terminal do Cabral, foram procuradas para comentar as reclamações dos passageiros. Nenhuma, porém, indicou ações que possam melhorar a qualidade do serviço oferecido, mesmo num quadro em que cada passagem custa R$ 3,30 aos moradores que usam o transporte coletivo.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960