Em São Paulo, 70% dos trens do Metrô foram modernizados

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Na ultima semana a Linha 1-Azul do Metrô de São Paulo ganhou mais um trem modernizado, a composição L44 reformada pela Alstom. Junto com o trem operam outros 21 que foram reformados, além de 23 composições antigas, das frotas A e D.

Já na Linha 3-Vermelha, toda a frota é composta ou por composições revitalizadas, ou por novas, os trens das frotas G e H. Das 98 composições programas para serem repaginadas, 68 trens já passaram pelo processo que representa quase 70% dos trabalhos. Destes, 15 trens aguardam nos pátios do Metrô para a liberação da operação comercial.

Modernização

A reforma foi dividia em 4 lotes, entre eles a antiga Frota C que foi modernizada pela Ttrans: É a frota K. Já a antiga Frota D esta sendo modernizada pela Alstom, que após os trabalhos volta como frota L. Também esta a cargo da Alstom junto com a Siemens a modernização de parte da frota A, que após os trabalhos retorna como frota I. Por fim, a outra parte da frota A está sendo modernizada pela Bombardier, retornando como frota J. Atualmente 7 trens estão nas empresas citadas acima em processo de revitalização.

Principais itens da modernização:

– Substituição do sistema de tração, utilizando tecnologia de inversores e motores de tração, para torná-la mais eficiente e de menor custo de manutenção;

– Substituição do sistema de ventilação por ar refrigerado, aprimoramento no sistema de iluminação do salão e troca dos bancos;

– Instalação de câmeras e equipamentos de detecção de incêndio no salão de passageiros para melhorar as condições de segurança;

– Instalação de rede de dados informatizada, para transmissão e recepção das condições dos equipamentos dos trens e sistema de registrador de eventos (caixa preta) dos equipamentos que desempenham função de segurança;

Por Renato Lobbo
Informações: Portal Via Trolebus

Leia também sobre:

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960