Prefeitura de Porto Alegre amplia malha cicloviária na zona Norte

quarta-feira, 26 de agosto de 2015

A ciclovia da rua Silvio Delmar Hollenbach, Jardim Leopoldina, na zona Norte de Porto Alegre está em fase final de conclusão. O novo espaço de circulação de ciclistas terá uma extensão de 400 metros, com o recapeamento asfáltico realizado pela Secretaria Municipal de Obras e Viação (Smov). Esta será a terceira ciclovia implantada pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) no bairro Jardim Leopoldina. Já foram entregues à comunidade ciclovias na rua Lydia Moschetti, com 370 metros de extensão, e na Juscelino Kubitschek, com 1,1 km.

Uma das principais características da nova ciclovia será a existência de travessia elevada em frente à Escola Estadual Baltazar de Oliveira Garcia, com mais segurança para pedestres e ciclistas. A faixa exclusiva dos ciclistas possibilita a ligação com a ciclovia da avenida Juscelino Kubitschek, onde está localizada a Praça México, local de referência e convívio daquela comunidade. No cruzamento da rua Silvio Delmar Hollenbach com a Juscelino Kubitschek será implantada uma travessia semaforizada.

Eixo Baltazar - De acordo com a engenheira Alessandra Andrea Both, da equipe de modal cicloviário da EPTC, a malha cicloviária da região Norte tem, como principal característica, o atendimento à área escolar da região do Eixo Baltazar, com a execução de travessias elevadas para ciclistas e pedestres diante de três escolas contempladas. "É um projeto voltado à segurança e mudança cultural no uso de bicicletas”, afirma. 

A malha completa de ciclovias na zona Norte (Eixo Baltazar), quando concluída, somará 4,8 km. A proposta da EPTC inclui, também, ciclovias localizadas nas avenidas Ecoville e Homero Guerreiro, e também nas ruas Silvestre Félix Rodrigues e Braille. Com este novo espaço exclusivo para ciclistas, a capital já conta com 28 km de ciclovias implantadas.

Zona Leste - Está em fase de instalação o trecho exclusivo para ciclistas da avenida Nilópolis, bairro Bela Vista. A faixa terá 650 metros de extensão e ficará localizada junto ao canteiro central da via, entre as avenidas Lucas de Oliveira e Ijuí. Após a conclusão dos trabalhos na av. Nilópolis, será executada pela EPTC a continuação da ciclovia da av. Neusa Brizola até a av. Protásio Alves, passando pela rua Santa Cecília até a av. Ipiranga.

Obras de execução de ciclovia também estão sendo realizadas em outro ponto da Capital, na av. Ipiranga, num trecho de 1,5 quilômetro, entre a avenida Cristiano Fischer e a rua Félix Contreiras Rodrigues. O objetivo da prefeitura é contar com 35 quilômetros de ciclovias até o final deste ano. 

Informações: EPTC


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960