CPTM libera entrada de bicicletas nos trens à noite nos dias de semana

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Desde quarta-feira (19), os usuários da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) estam liberados para levar suas bicicletas nos vagões também durante a semana - de segunda a sexta, após às 20h30.

A companhia leva em consideração a experiência dos últimos sete anos. Nos finais de semana, a partir das 14h de sábado até o encerramento da operação de domingo, já é permitido o embarque das bikes. São permitidas quatro bicicletas por viagem, embarcadas no último carro de cada trem.

Segundo a CPTM, a abertura para a noite do decorrer da semana é consequência do aumento da demanda dos usuários - em 2007, com a liberação apenas nos finais de semana e feriados, foram embarcadas 15.090 bicicletas; e em 2014, foram registradas 57.828 e, no primeiro semestre deste ano, 31.663 bikes entraram nos trens.

A Linha 9-Esmeralda é a mais requisitada pelos ciclistas, maioria atraída pela ciclovia Rio Pinheiros, que é próxima à linha. Desde a abertura nos finais de semana, a linha recebeu 126.340 bicicletas, seguida pela linha 10-Turquesa com 73.355 embarques de bikes e, pela linha 12-Safira, com 55.708.

Atualmente, são 28 biclicletários distribuídos em estações das seis linhas, com mais de 7 mil vagas. São cerca de 20 mil ciclistas cadastrados nesses pontos. Todos os bicicletários são gratuitos, exceto a unidade de Mauá, administrada pela Ascobike, que cobra mensalidade de R$ 20 dos sócios e R$ 2 a diária para eventuais usuários.

Informações: CPTM

Leia também sobre:

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960