Após estudo, Metrô do DF amplia nº de trens para Ceilândia durante pico

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O Metrô vai aumentar a partir desta quinta-feira (27) a quantidade de trens circulando em horário de pico na linha que vai para Ceilândia, maior região administrativa do Distrito Federal. O objetivo é diminuir a superlotação entre 16h45 e 20h15. Nesse intervalo, a empresa coloca normalmente 24 veículos em atividade.

A companhia informou que, durante o próximo mês, para cada trem que sair da estação da Rodoviária do Plano Piloto, haverá dois com destino a Ceilândia e um para Samambaia. Com a mudança, o intervalo entre os trens no trecho entre a Estação Águas Claras e Ceilândia será reduzido de 7 minutos para 3 minutos e 33 segundos.

A medida foi tomada depois de um estudo que apontou que, a cada três usuários que usam a linha para Ceilândia, apenas um utiliza o ramal para Samambaia.  O Metrô funciona entre 6h e 23h30 de segunda a sábado e 7h e 19h aos domingos e feriados.

A média é de 140 mil passageiros por dia. O sistema tem 42,3 quilômetros de extensão e liga Ceilândia e Samambaia ao Plano Piloto. Ele opera com 24 vagões no horário de pico. A estação com maior fluxo é a da Rodoviária do Plano Piloto, por onde passam 20 mil pessoas por dia.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960