Obras de modernização alteram a circulação dos trens da CPTM neste feriado

quinta-feira, 4 de junho de 2015

​Neste fim de semana prolongado, por conta do feriado de Corpus Christi (04/06), a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) intensificará as obras de modernização e manutenção preventiva em suas linhas. Por isso, os trens circularão com maiores intervalos em trechos e horários específicos. Confira a programação e antecipe sua viagem: 

Linha 7-Rubi (Luz – Francisco Morato)

Domingo: das 4h às 11h30, a circulação de trens ficará interrompida entre as estações Pirituba e Perus. Para atender aos usuários, serão disponibilizados ônibus de conexão, As senhas para utilização dos coletivos deverão ser retiradas nas estações.  O intervalo médio será de 15 minutos entre as estações Luz e Pirituba e 21 minutos entre Perus e Jundiaí. 

Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú)

Quarta-feira: das 23h à meia-noite, os serviços ocorrerão no sistema de rede aérea entre as estações Cidade Universitária e Pinheiros. O intervalo médio será de 20 minutos em toda a linha. 

Quinta-feira: das 23h à meia-noite, os serviços ocorrerão no sistema de rede aérea na região da Estação Cidade Universitária. O intervalo médio será de 20 minutos em toda a linha.
Sexta-feira: das 23h à meia-noite, os trabalhos estarão concentrados no sistema de rede aérea entre Vila Olímpia e Berrini. O intervalo médio será de 20 minutos em toda a linha. 

Domingo: das 9h às 19h, a circulação ficará interrompida entre as estações Presidente Altino e Osasco, em razão de manutenção preventiva na via permanente na região da Estação Osasco. Para completar a viagem, usuário deve utilizar os trens da Linha 8-Diamante.

Linha 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra)

Domingo: das 8h às 17h, serão realizados serviços nos equipamentos de via permanente entre as estações Guapituba e Rio Grande da Serra. O intervalo médio será de 10 minutos entre as estações Brás e Mauá e 30 minutos entre Mauá e Rio Grande da Serra. 

Linha 11-Coral/Expresso Leste (Luz – Guaianases)

Quinta-feira: das 8h às 20h, haverá intervenções nos equipamentos de via permanente entre as estações Corinthians-Itaquera e Guaianases. O intervalo médio será de 30 minutos entre as estações Luz e Guaianases. 

Domingo: das 4h às 17h, as intervenções nos equipamentos de via permanente ocorrerão entre Luz e Guaianases O intervalo médio será de 20 minutos entre as estações Luz e Guaianases

Linha 11-Coral/ Extensão (Guaianases – Estudantes)

Quinta-feira: das 4h à meia-noite, haverá obras de infraestrutura da nova Estação Suzano. O intervalo médio será de 35 minutos entre as estações Guaianases e Estudantes. 

Domingo: das 4h às 17h30, a circulação de trens ficará interrompida entre as estações Guaianases e Jundiapeba. Para atender aos usuários serão disponibilizados ônibus de conexão com paradas intermediárias para embarque e desembarque nas estações Antônio Gianetti Neto, Calmon Viana e Suzano. 

As senhas para utilização dos coletivos deverão ser retiradas nas estações. O intervalo médio será de 15 minutos entre as estações Jundiapeba e Estudantes. 

Linha 12-Safira (Brás – Calmon Viana)

Quinta-feira: das 4h à meia-noite, serão realizados serviços no sistema de rede aérea entre as estações Itaquaquecetuba e Calmon Viana. O intervalo médio será de 20 minutos no trecho entre Itaquaquecetuba e Calmon Viana. 

Domingo: das 4h à meia-noite, os trabalhos no sistema de rede aérea serão retomados entre as estações Itaquaquecetuba e Calmon Viana. O intervalo médio será de 20 minutos no trecho entre Itaquaquecetuba e Calmon Viana. 

Desafio: a CPTM ressalta que executar as obras de modernização, mantendo simultaneamente o atendimento aos usuários, é um grande desafio. As ações exigem medidas como promover intervenções em horários de menor movimentação de passageiros aos finais de semana, feriados e madrugadas.

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição o Serviço de Atendimento ao Usuário: 0800 055 0121.

Informações: CPTM

Leia também sobre:

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960