Metrô-DF roda com 26 trens para suprir carência de ônibus durante a greve

terça-feira, 9 de junho de 2015

A greve dos rodoviários levou a Companhia do Metropolitano do Distrito Federal (Metrô-DF) a não apenas aumentar o período de horário de pico - das 16h às 21h (normalmente é das 16h15 às 20h15) -, mas também fazer 26 trens operarem de forma simultânea durante essas cinco horas nesta terça-feira (9/6). A frota máxima utilizada em condições normais são 24 unidades.

Segundo o Metrô, a medida beneficia 2,8 mil passageiros. A Companhia ainda afirmou que recebeu 45 mil passageiros a mais desde o início da greve - aumento de 30% em relação à demanda rotineira.

Com os ônibus fora de circulação, 1,2 milhão de usuários do transporte público foram afetados. Os rodoviários desrespeitaram uma liminar do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) que determinava um mínimo de 70% da frota nas ruas em horário de pico e 50% no entrepico.

Informações: Correio Braziliense

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960