Em Porto Alegre, Linha de lotação Glória tem novo itinerário e terminal

terça-feira, 16 de junho de 2015

O terminal da linha de lotação 20.6 – Glória no bairro Belém Velho agora fica na rua João de Couto, esquina com a Dr. Vergara. A mudança amplia o percurso em 1,4 quilômetro, fazendo com que mais usuários tenham acesso ao transporte seletivo. A linha, que transporta cerca de 2.500 passageiros por dia, agora percorrerá o trecho da avenida Oscar Pereira entre o Hospital Parque Belém e a rua Doutor Sarmento Barata, até o novo terminal de bairro.

O prefeito José Fortunati inaugurou o terminal no fim da tarde dessa sexta-feira, 12. Ele destacou a mobilização da comunidade para que a demanda fosse atendida. “Construímos essa solução em conjunto, poder público e comunidade. É assim que as decisões importantes são tomadas em Porto Alegre e, por isso, o Orçamento Participativo é uma referência. Precisamos da participação concreta, ativa e permanente da sociedade para que nossas ações sejam adequadas e eficazes no atendimento das demandas da população”, afirmou Fortunati.

A construção do terminal foi solicitada pelas lideranças comunitárias da região, que se mobilizaram e participaram de reuniões nos Centros Administrativos Regionais (CARs) e no âmbito do Orçamento Participativo (OP). A presidente da Associação dos Moradores de Belém Velho ressaltou os benefícios à comunidade. “Ter uma linha de lotação chegando até aqui significa mais qualidade no transporte coletivo na região. Cria uma alternativa de locomoção, que é melhor, aumenta a oferta do serviço e melhora a nossa vida”, comemorou Eloíza Vinholo.

A definição do itinerário aconteceu pela equipe técnica da área de transporte da EPTC. O monitoramento será permanente. “Uma das nossas prioridades é qualificar o transporte coletivo em toda a cidade e temos investido bastante aqui na Zona Sul. Vamos analisar a prestação do serviço com as mudanças e, em breve, teremos uma estimativa de quantos usuários utilizarão a linha e se precisaremos fazer algum ajuste”, disse o diretor presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960