Rodoviários param três terminais de ônibus em Salvador

terça-feira, 19 de maio de 2015

Após assembleia realizada na tarde desta terça-feira (19), que definiu o cancelamento da greve dos rodoviários, que estava marcada para começar à 0h desta quarta (20), cerca de 150 motoristas de Salvador que ficaram insatisfeitos com a decisão do sindicato iniciaram uma manifestação nas estações da Lapa, Mussurunga e Pirajá. Por volta das 16h30, eles pararam coletivos na entrada dos terminais, impedindo a entrada dos veículos. Até as 20h20, ainda havia bloqueios nas estações.
Foto: Maiana Belo / G1
Os rodoviários manifestantes estão insatisfeitos com a aprovação, em assembleia, da proposta de reajuste de 10%, mediada pela Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE).
"Não aceitamos o aumento de 10%. Aceitamos o que foi proposto pelo Ministério Público, que foi um reajuste de 10,75%, aumento de R$ 16 no tíquete refeição e redução pela metade do valor do plano de saúde", disse o cobrador Décio Santos durante a assembleia realizada à tarde na capital baiana.

De acordo com a Transalvador, por volta das 19h45, ainda havia grande congestionamento na região do Dique do Tororó e na saída da Estação da Lapa. Já na Estação Pirajá, os coletivos estavam parados, mas o trânsito fluía. Na estação Mussurunga, o tráfego nas proximidades também era lento.
O superintendente da Transalvador Fabrizzio Muller foi até a Estação da Lapa tentar negociar com os manifestantes. O secretário municipal de Mobilidade, Fábio Mota, divulgou nota criticando a manifestação. "É inaceitável que essa minoria queira deliberadamente atuar para tumultuar a cidade fazendo manifestações e atos isolados sem a menor responsabilidade com os cidadãos", afirmou o secretário.

A nota ainda destaca um apelo feito pelo secretário para que os manifestantes aceitem o acordo firmado pelo sindicato da categoria com os empresários.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960