Em Guarulhos, STT implantará mais duas faixas exclusivas para ônibus

quarta-feira, 20 de maio de 2015

A Secretaria de Transportes e Trânsito implantará mais duas faixas exclusivas para ônibus. Segundo o secretário Atílio André Pereira, o objetivo é garantir maior fluidez ao tráfego e agilidade aos usuários do transporte coletivo. “A cidade mudou para melhor, e ao lado disso vamos construindo outras saídas, com os articulados, que terão também faixas exclusivas”, disse o secretário.

A primeira, que deverá ser entregue no final do mês, será na avenida Delfinopolis, no Jardim São João e terá 1,5 km de extensão. Diariamente são cerca de 70 ônibus que circulam por hora no local no horário de pico. Já a outra começará a funcionar em junho e está localizada na avenida Brigadeiro Faria Lima, com um fluxo de 50 ônibus hora/pico, em uma extensão total de 4 km.

A cidade já conta com outras três faixas exclusivas sendo uma na avenida Eduardo Fromer, no bairro dos Pimentas, que reduziu o tempo de percurso de 20 para cinco minutos nos 1.300 metros de extensão da faixa. A segunda começou a operar na avenida Emílio Ribas, com 600 metros de extensão, indo desde a rua Cabo Antonio Pereira da Silva até o Anel Viário, na avenida Humberto de Alencar Castelo Branco, beneficiando 11 mil passageiros diariamente. A última está localizada na avenida Monteiro Lobato do trecho entre o cruzamento da avenida Santos Dumont até a altura do número 4.474, na Base Aérea, numa extensão de 1,4 km, beneficiando, em média, 13.500 passageiros por dia.

Corredores – A informação foi dada ontem pelo secretário durante a entrega de 30 novos ônibus convencionais estendidos e a reapresentação dos 20 veículos articulados que vão integrar a frota do município a partir do final deste mês. Os novos ônibus pertencem à empresa Vila Galvão com investimento total da empresa de R$ 21,9 milhões, sendo R$ 13,5 milhões na aquisição dos 20 articulados, ao custo de R$ 650 mil por unidade, e R$ 8,4 milhões na compra dos 30 novos convencionais alongados, ao custo de R$ 280 mil por unidade.

Serão 18 ônibus articulados, com tecnologia BRT (Bus Rapid Tecnology), que farão a linha 453 – Terminal São João/Centro (via Tiradentes) e mais sete convencionais alongados com cinco portas (dos dois lados). A linha 433 – Terminal São João / Terminal Vila Galvão (via Anel Viário) – linha do corredor Taboão – Vila Galvão receberá dois veículos articulados e dez (novos convencionais alongados, porta esquerda totalmente acessível); já a linha 434 – Terminal São João / Centro (via Cumbica) terá a substituição de 13 carros convencionais adaptados por 13 novos veículos convencionais alongados.

Por Rosana Ibanez

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960