VLT de São Vicente começa a operar em caráter de testes

segunda-feira, 27 de abril de 2015

A Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) inicia nesta segunda-feira (27), em São Vicente, uma operação teste do sistema de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT). Embora em trajeto curto, a operação é importante para ajustes e será das 13 às 16h, de segunda a sexta-feira, sem cobrança de tarifa.

A ação, denominada Operação Precursora pela EMTU, será entre as estações Mascarenhas de Moraes e João Ribeiro, com aproximadamente seis quilômetros, atravessando os bairros de Cidade Náutica, Catiapoã, Centro e Itararé. Segundo a empresa ligada ao Governo do Estado, cerca de 90% dos trabalhos estão concluídos em São Vicente.

A Secretaria de Transportes (Setrans) providenciou a instalação de várias faixas de sinalização ao longo do trajeto, de forma a orientar usuários, pedestres e motoristas.

Santos

Já na parte de Santos, a EMTU estima que ainda este mês serão concluídos os trabalhos de construção das estações Nossa Senhora de Lourdes (perto da Rua Santa Catarina, no José Menino), Pinheiro Machado (Canal 1) e Porto.

Impasse

As obras de implantação deste modal só não avançam mais por problemas judiciais. O Grupo de Atuação Especial do Meio Ambiente (Gaema) do Ministério Público do Estado de São Paulo questiona na Justiça o traçado do VLT em um trecho de dois quilômetros na Avenida Francisco Glicério, nas imediações do Mendes Convention Center.

O Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) deferiu uma liminar paralisando os trabalhos desde o dia 13 do mês passado. Dez dias depois, a EMTU, responsável pela implantação do VLT, entrou com recurso para poder continuar os trabalhos — mas ainda aguarda resposta da Justiça.

Segurança

A circulação de um veículo de características operacionais inéditas em cidades brasileiras exigiu da EMTU/SP cuidados especiais com a segurança dos usuários e moradores dos bairros ao longo do trajeto, além da orientação necessária aos motoristas dos veículos que trafegam pela região.

Faixas serão colocadas em 10 cruzamentos ao longo do trecho de operação do VLT e também próximo às sete estações, com os dizeres ATENÇÃO AO CRUZAR A VIA e ACESSO À PLATAFORMA SOMENTE NO LOCAL INDICADO. Folhetos serão distribuídos à população com informações sobre a Operação Precursora e procedimentos de segurança recomendados ao acessar as plataformas e cruzar a via por onde circulará o VLT.

Sete fiscais da Regional da EMTU/SP na Baixada Santista estarão distribuídos nas estações. Outros dois fiscais circularão de carro pelo trecho durante o horário da Operação Precursora. Ao mesmo tempo, agentes de trânsito da Prefeitura de São Vicente darão apoio à operação, principalmente nos cruzamentos, para organização do tráfego e orientação dos pedestres. 

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960