Transporte coletivo de Hortolândia ganha nova linha

quinta-feira, 16 de abril de 2015

O Programa Transporte Social traz mais uma novidade para os usuários de transporte coletivo de Hortolândia. A partir deste sábado (18/04), começa a circular a nova linha urbana 3.43 Jardim Malta/Centro. Com itinerário que inclui a Estrada Municipal Sabina Baptista Camargo, a linha será uma opção às famílias beneficiadas com apartamentos dos Residenciais Europa I e Europa II, construídos pelo programa do governo federal Minha Casa Minha Vida no Jardim Novo Ângulo. 

De acordo com informações do Departamento de Mobilidade Urbana, órgão vinculado à Secretaria de Planejamento Urbano, o ponto inicial do itinerário desta linha será na Rua das Rosas, no Jardim Malta, de onde o veículo segue por outros bairros da região. O ponto final será na Praça da Neusa, no Remanso Campineiro, próximo à agência do Banco do Brasil. Os intervalos entre as saídas dos ônibus, nos dias de semana, será de cerca de 35 minutos.

O itinerário completo e os horários de saída, inclusive aos finais de semana, pode ser conferido no site da Prefeitura de Hortolândia, clicando no link “Cidadão”, e em seguida em “Transportes”.

A região do Jardim Malta também é atendida pelas linhas 3.01-A Jardim Nova América/Centro e 3.42 Jardim Nova America/Parque do Horto. Com a criação da nova linha 3.43 Jardim Malta/Centro, as linhas que já funcionavam sofrerão pequenas alterações no trajeto e nos horários de saída. As mudanças também podem ser checadas no site da Prefeitura.

Transporte Social

O Programa Transporte Social foi criado pela Prefeitura de Hortolândia, há um ano, com o objetivo de levar mais segurança, economia, qualidade e agilidade ao serviço de transporte coletivo oferecido à população que utiliza os ônibus urbanos em Hortolândia. Novas linhas têm sido criadas, desde então, com a meta de otimizar e encurtar itinerários, transportando passageiros com mais rapidez. Além disso, os veículos receberam equipamentos GPS e câmeras de monitoramento, o que aumenta a segurança durante os trajetos. Outro benefício do programa é o desconto oferecido para quem adere ao Cartão transporte Social: usuários cadastrados pagam R$ 2,00 pela passagem e estudante pagam R$ 1,00. Sem o cartão, a tarifa custa R$ 3,00.

O cartão do Transporte Social pode ser solicitado, das 8h às 17h, em pontos de cadastramento implantados pela Viação Lira, como no Departamento de Mobilidade, no Remanso Campineiro; na garagem da empresa, no Jardim Amanda; no Terminal Metropolitano de Hortolândia ou no Terminal Metropolitano de Campinas. Basta se dirigir a um destes locais, levando cópia do RG e CPF, além de comprovante de residência no nome do titular. Também é possível solicitar o cartão no estande do Serviço Itinerante de Mobilidade Urbana, ação que leva os serviços do Departamento para as regiões da cidade.

O cartão fica pronto em cinco dias úteis e a retirada é na garagem da Viação Lira, localizada na avenida Santana, nº 1.500, no Jardim Amanda. Neste local, é possível fazer a recarga de créditos para pagamento da passagem.

Mobilidade urbana

Os investimentos da Prefeitura de Hortolândia em mobilidade urbana são prioridade no governo do Prefeito Antonio Meira. Além de melhorar a qualidade do sistema de transporte coletivo urbano, a Administração Municipal realiza obras com o intuito de garantir sistema viário ágil e eficiente.

Informações: Portal Novidade

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960