Arsal apresenta nova frota de ônibus que fará a linha Rio Largo-Maceió

sexta-feira, 10 de abril de 2015

A Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Alagoas (Arsal) apresentou, nesta quinta-feira (9), no Terminal Rodoviário João Paulo II, em Maceió a nova frota de ônibus que fará o transporte de passageiros entre a capital e Rio Largo, município da região Metropolitana, a partir do sábado (11).
Foto: Karina Dantas/G1
Os veículos pertencem à Viação Veleiro, que assumirá as linhas no lugar da Transportes Tropical, que teve o serviço suspenso após uma vistoria realizada pela Arsal, que identificou falta de acessibilidade e ônibus com vida útil superior a 10 anos. 

A Veleiro assumirá as linhas metropolitanas Maceió/Rio Largo (via Mata do Rolo e via Gustavo Paiva), Maceió/Aeroporto Zumbi dos Palmares (via Ponta Verde e via Terminal Rodoviário) e Maceió/Cruzeiro do Sul.

A nova empresa, escolhida após consulta realizada pela Arsal, se comprometeu a oferecer à população uma frota acessível e com tempo de vida útil inferior a 10 anos, além de contratar os funcionários das linhas suspensas.

De acordo com o diretor de transportes da Arsal, Fábio Calheiros, a substituição foi feita devido a várias solicitações por parte de passageiros, e de recomendação do Ministério Público Estadual (MP).

O cadeirante André Dionísio, 38, que depende desse tipo de transporte, compareceu à solenidade e aprovou a nova frota. Ele participa de um grupo que desde 2009 luta para ter mais acessibilidade no transporte público.
“Antes, os ônibus da Tropical circulavam ser ter condições de portar um cadeirante, isso é muito difícil para nós. Depois de muitos anos de luta, enfim conseguimos algum resultado”, disse Dionísio.

Informações: G1 AL

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960