Transporte público em Foz é reduzido por falta de combustíveis nos postos

segunda-feira, 2 de março de 2015

Os usuários do transporte público em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, terão que ter paciência nesta segunda-feira (2). Por causa dos protestos de caminhoneiros, os horários de ônibus vão circular em horários reduzidos: das 5h às 8h30, e das 16h30 às 19h. Conforme o diretor do Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu (Foztrans), Carlos Juliano Budel, a medida foi necessária para garantir o transporte da população ao menos até o fim da semana. Caso os estoques nos postos sejam normalizados, os horários normais voltarão a ser cumpridos, garante Budel.

"Se não optássemos por essa redução, não teríamos como colocar os ônibus nas ruas nem até metade da semana. Desta forma, pelo menos conseguimos garantir o transporte para que as pessoas possam ir e voltar do trabalho", explica o diretor. Mais de dois milhões de passageiros dependem do transporte público na região. 

A medida havia sido anunciada na sexta (27) com provisão de ser aplicada a partir de terça (3), porém precisou ser antecipada para esta segunda. No domingo (1º), o transporte coletivo funcionou com o número total de ônibus apenas nas linhas do Aeroporto Internacional e do Parque Nacional do Iguaçu. O objetivo das restrições é economizar cerca de 40% do combustível por dia. A frota de 159 ônibus consome quase 13 mil litros diariamente.

Informações: G1 PR

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960