Plataforma da CPTM da Estação Água Branca será interditada fora do horário de pico

quinta-feira, 5 de março de 2015

A CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] promoverá mudanças na Estação Água Branca, devido às obras de modernização da rede aérea, na Linha 7-Rubi [Luz - Francisco Morato], a partir da próxima segunda-feira [09/03].

Para a realização das obras será necessário interditar a plataforma 1 da Estação Água Branca, utilizada pelos trens que circulam sentido Francisco Morato, nos seguintes horários: entre 10h e 15h30 e das 23h30 até o final da operação. 

Assim, os trens com sentido Francisco Morato não irão parar na Estação Água Branca nesses horários e os usuários deverão adotar os seguintes procedimentos:

- Quem for embarcar na Estação Água Branca para seguir viagem sentido Francisco Morato deverá pegar o trem no sentido Luz e descer na Estação Palmeiras-Barra Funda, onde entrará em uma nova composição, que seguirá até Francisco Morato.

- Quem estiver no sentido Francisco Morato e for desembarcar na Estação Água Branca, terá de prosseguir viagem até a Estação Lapa, onde pegará uma nova composição sentido Luz para descer na Água Branca.

Os usuários que utilizam o trem sentido Luz para embarque ou desembarque na Estação Água Branca não serão afetados pela interdição. 

A previsão é que as obras de melhorias no sistema de rede aérea na Linha 7-Rubi sejam concluídas em 30 dias. 

Em caso de dúvidas ou informações complementares, a CPTM coloca à disposição a Central de Atendimento ao Usuário, no telefone 0800- 0550121.

Informações: CPTM

Leia também sobre:

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960