Prefeitura licita corredores exclusivos do transporte coletivo de Teresina

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos (Sema), vai abrir processo licitatório para a construção dos corredores exclusivos segregados do sistema de transporte público da cidade. A licitação é para a zona Sul I, que compreende as avenidas Barão de Gurguéia e Henry Wall de Carvalho.


Através destes corredores, que serão instalados no lado esquerdo das vias, apenas a frota de ônibus da Capital irá circular e haverá uma segregação física do espaço exclusivo para as demais faixas de trânsito. Com isto, as paradas de ônibus também serão transferidas para o lado esquerdo das avenidas, mais especificamente para os canteiros centrais. A construção dos novos abrigos já está incluso neste projeto.


A abertura da licitação, na modalidade concorrência, está agendada para o dia 9 de março, às 11h, na sala de reuniões da Sema, situada na Rua Firmino Pires, 121, Edifício Deolindo Couto, Centro de Teresina. O valor estimado da obra é de R$ 12.334.743,20. A fonte de recursos para a execução da obra é oriunda do Financiamento das Contrapartidas do Programa  de Aceleração do Crescimento - CPAC.

As empresas interessadas em concorrer ao processo licitatório da zona Sul I devem apresentar o comprovante de depósito no valor de R$ 60, recolhidos junto ao Banco do Brasil, em favor da Prefeitura de Teresina (Conta Corrente 7557-4/ Agência 3791-5), para terem acesso ao edital.

A Comissão Permanente de Licitações da Sema informa que não serão aceitos comprovantes de depósitos bancários realizados através de envelopes de autoatendimento, depósitos eletrônicos, nem pela internet e com data anterior à publicação do edital. Os interessados em participar da licitação podem tirar suas dúvidas através do telefone (86) 3215-4516.

Informações: Prefeitura de Teresina


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960