Prefeitura de Joinville anuncia melhorias na mobilidade urbana

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

As melhorias projetadas para 55 quilômetros de ruas em Joinville ficarão mais perto de sair do papel com a assinatura dos contratos do PAC da Mobilidade entre a Prefeitura e a Caixa Federal, marcada para hoje. Serão garantidos R$ 105 milhões para investimentos nas avenidas Beira-rio, Hermann Lepper e Procópio Gomes, além das ruas Urussanga, João Colin, Blumenau, Santa Catarina, São Paulo, Albano Schmidt, Helmut Fallgatter, Florianópolis e Monsenhor Gercino.

As obras prometem intervenção profunda no eixo Norte-Sul da cidade, garantindo asfalto novo, revisão das redes de drenagem, corredores de ônibus exclusivos e novos abrigos. Uma ponte ainda é projetada para a rua Plácido Olímpio e outras duas paralelas às ruas Guanabara e Nacar. Espera-se tudo pronto até 2018. Uma ponte será projetada para a rua Plácido Olímpio e outras duas paralelas às ruas Guanabara e Nacar.

Licitações em lotes

O início das obras dependerá das licitações. Não será possível fazer uma só para todo o projeto (há pontes e vias, por exemplo). É possível que as maiores demandas sejam divididas em lotes. O conceito de Bus Rapid Transit (BRT), como em Curitiba, foi cogitado, mas não se repetirá em Joinville porque será menor a segregação entre ônibus e carros.

Verbas separadas

Da verba federal, cerca de R$ 30 milhões (com R$ 1,5 milhão de contrapartida municipal) serão direcionados para o eixo do terminal Norte ao terminal Sul (Blumenau até a Santa Catarina, e São Paulo até a João Colin). Outros R$ 69,7 milhões (R$ 3,6 milhões de contrapartida) vão para a maior parte das vias (da Beira-rio para as zonas Leste e Sul).

Informações: Clic RBS

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960