Grande Vitória: Transcol ganha reforço especial para o verão

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Com a chegada do verão, a procura pelos balneários da região metropolitana aumentou nos últimos dias e a Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb-GV) preparou uma programação especial para o Sistema Transcol. Desde o último domingo (04), as linhas que atendem as regiões de praias contam com um reforço de 46 veículos. A maior oferta acontece sempre nos fins de semana. 

Além disso, outros 17 veículos vão reforçar os terminais de integração do Transcol para garantir a oferta caso a demanda aumente.

No período do verão, as linhas que serão reforçadas são a 538 (T. Carapina/ T. Jardim América via T. São Torquato/ Beira Mar), 585 (Jardim Botânico/ T. Itaparica via Vale Encantado), 588 (T. Campo Grande/ T. Itaparica/ Vale Encantado), 611 (T. Itaparica/ Praia da Costa via Itapoã/ Crefes- Circular), 613 (Ponta da Fruta/ T. Itaparica via Rod. do Sol), 651 (T. Vila Velha/ Praia da Costa), 831 (Bicanga/ T. Carapina via Manguinhos), 848 ( Balneário de Carapebus/ T. Carapina via Oceania), 854 ( Praia Grande/ T. Jacaraipe via Nova Almeida), 870 (Praia de Jacaraipe/ T. Laranjeiras), 875 (T. Jacaraipe/ T. Laranjeiras via Av. Talma Rodrigues), 880 (Planalto Serrano/ T. Jacaraipe via Vista da Serra/ Serra Sede).

Outras linhas, que já estão sendo monitoradas, também serão reforçadas caso se verifique a necessidade. Os 17 veículos reservas, vão reforçar o Terminal Jacaraípe (04 carros); Terminal Vila Velha (02 carros); Terminal Itaparica (04 carros); Terminal São Torquato (03 carros); e Terminal Campo Grande (04 carros).

A linha 672 (Trevo de Setiba/ T. Itaparica) também terá reforço durante o verão, com um veículo a mais nos finais de semana.

A diretora de Operações da Ceturb-GV, Rosane Giuberti, afirmou que haverá um fiscal da Ceturb-GV acompanhando de perto e monitorando a demanda para, se for necessário, utilizar os carros reservas dos terminais.

Informações: Ceturb

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960