Grande Recife: Linha BRT Camaragibe (centro) tem aumento de frota na operação

domingo, 3 de agosto de 2014

A partir desta segunda-feira (4) os usuários da linha do Via Livre 2450 – Camaragibe (Centro) terão mais viagens de BRT durante a operação.

Devido ao aumento da demanda de passageiros do novo modal, dois veículos de BRT serão acrescentados a linha 2450 que sai do Terminal Integrado de Camaragibe e segue até o centro da cidade. Ao todo, serão 20 BRTs realizando 124 viagens por dia com intervalo de cerca de 5 minutos entre um veículo e outro.

O modal circula na linha de domingo a domingo das 4h às 22h.Os usuários podem realizar embarque e desembarque nas sete estações de BRT do corredor Leste/Oeste: Capibaribe, BR-101, Getúlio Vargas, Forte do Arraial, Abolição, Derby e Guararapes.

Informações: GRCT

READ MORE - Grande Recife: Linha BRT Camaragibe (centro) tem aumento de frota na operação

No Rio, Primeiro dia do BRS em Botafogo com 170 carros multados

Começou a funcionar neste sábado (2), o corredor exclusivo para ônibus, o BRS, na Rua Voluntários da Pátria, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. E só neste primeiro dia de operação, fiscais da Secretaria Municipal de Transportes, CET-Rio, guardas municipais e Polícia Militar aplicaram 170 multas a táxis, caminhões e carros. Vinte e oito ônibus também foram autuados porque não indicavam em quais pontos deveriam parar, segundo a Secretaria Municipal de Transportes.

O novo BRS tem três quilômetros de extensão. Ele começa na esquina com Rua Humaitá e vai até a Praia de Botafogo, com 13 pontos de parada. Carros, motos, caminhões e táxis sem passageiros estão proibidos de circular por essa faixa das 6h às 21h nos dias úteis e das 6h às 14h aos sábados.

Entre as 170 multas estão infrações como desobediência às ordens dos agentes que operavam o BRS no local, parada em local proibido, carga e descarga na área do corredor, estacionar nos pontos e trafegar em local permitido apenas aos ônibus.

O BRS Voluntários da Pátria vai ordenar 39 linhas que circulam pela Rua Voluntários da Pátria e mais 33 que passam somente pela Praia de Botafogo. O objetivo dos corredores expressos é aumentar o conforto e eficiência do sistema, reorganizando o trânsito e o transporte público, além de reduzir o tempo de viagem dos usuários.

O próximo BRS a ser inaugurado será o da Rua São Clemente no dia 9 de agosto.

Informações: G1 Rio

READ MORE - No Rio, Primeiro dia do BRS em Botafogo com 170 carros multados

Porto Alegre: Faixa de ônibus da avenida Brasil começa a funcionar nesta segunda-feira

A partir das 9h desta segunda-feira (4), inicia a operação da faixa exclusiva de ônibus da avenida Brasil, na zona Norte de Porto Alegre. O espaço tem por objetivo a circulação de transporte coletivo. A faixa interligará duas grandes avenidas que possuem correrdores de ônibus, Farrapos e Benjamin Constant.

O diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, seguirá o início das operações. Agentes e funcionários da EPTC entregaram material informativo em pontos de parada, comércio e residências da região, para orientar sobre a mudança na circulação do transporte público.

A faixa exclusiva estará localizada no lado esquerdo da via, a partir da av. Pernambuco. A via terá 750 metros de extensão, cor azul e funcionará 24 horas por dia, todos os dias da semana. Será proibido aos condutores parar ou estacionar no trecho. O acesso às garagens dos prédios e comércio será permitido.

Como ficará o trânsito na avenida Brasil:
- Uma faixa exclusiva aos ônibus, do lado esquerdo e sem pontos de parada
- Duas faixas de tráfego misto, no centro e lado direito
- Proibido aos veículos particulares trafegar, parar e estacionar na faixa exclusiva
- Sobrepor a faixa para acessar garagens ou realizar conversões nas vias será permitido
- Os condutores que transitarem na faixa exclusiva cometem uma infração grave, segundo o Código de Trânsito, de cinco pontos na carteira e multa R$ 127,69

As dez linhas que seguirão circulando fora do corredor:
314.2 – PUC/Restinga/III Perimetral; 314.3 – Restinga/PUC/III Perimetral; 613 – Elisabeth; M21 – Corujão Baltazar/Assis Brasil; M31 – Corujão Assis Brasil/Baltazar; T2; T2A; T5; TR60 – Assis Brasil; TR62 – Baltazar

Informações: Jornal do Comércio


READ MORE - Porto Alegre: Faixa de ônibus da avenida Brasil começa a funcionar nesta segunda-feira

Tarifa de ônibus sobe para R$ 3,20 a partir de 9 de agosto em Sorocaba

O transporte coletivo urbano de Sorocaba (SP) terá uma nova tarifa a partir do dia 9 de agosto, quando o valor do passe social irá passar de R$ 2,95 para R$ 3,20 - reajuste de 8,47%. Já o vale transporte passa de R$ 3,15 para R$ 3,35 - reajuste de 6,35%; e o passe de estudante não terá alterações no valor, sendo mantido em R$ 1,50. Os novos valores foram anunciados na tarde desta quinta-feira (31), durante uma coletiva de imprensa realizada na sede da prefeitura, com a presença do prefeito Antônio Carlos Pannunzio e o presidente da Urbes - Trânsito e Transporte, Renato Gianolla.

De acordo com Pannunzio, um estudo foi realizado antes de definirem o reajuste da tarifa e nele foi considerado o aumento dos custos operacionais do transporte coletivo urbano, como o aumento do salário e benefícios concedidos à respectiva categoria profissional e, ainda, a reposição da variação de preços de insumos básicos que compõem os mencionados custos. "Ouvimos vários segmentos da socidade e percebemos que só tínhamos duas saídas: subir o subsídio do transporte, o que acarretaria diretamente em cortar o orçamento em outras áreas, ou aumentar o preço da tarifa", explica o prefeito.

Além disso, durante os estudos para o reajuste da tarifa, de acordo com Pannunzio, também foi considerada a renovação de 48 veículos da frota do transporte coletivo e a inclusão de mais dois veículos para o transporte especial. "O aumento da tarifa não agrada ninguém, eu tenho a função de manter outros setores funcionando, como o da saúde e da educação, por exemplo, e a interpretação do aumento foi necessária", enfatizou o prefeito durante coletiva.

Pannunzio também frisou que a administração municipal precisou assumir dois hospitais neste ano, o Vera Cruz e a Santa Casa, custos adicionais que não estavam no orçamento previsto para o ano de 2014 e também foram considerados durante os estudos para saber se haveria ou não o reajuste na tarifa. "Por isso eu peço a compreensão da população. Se aumentasse muito o subsídio do transporte, que já é de R$ 30 milhões por ano e teremos que aumentar em cerca de R$ 4 milhões, ia acabar causando impacto nos outros setores", finaliza.

Os usuários do transporte coletivo de Sorocaba têm até o dia 8 de agosto para adquirirem passes aos preços atuais, nos diversos pontos da cidade. O presidente da Urbes, Renato Gianolla, frisa que o valor adquirido até essa data terá validade de 90 dias e o desconto da passagem, neste período, será da tarifa antiga, mesmo com o aumento já em vigor. Aos domingos, a tarifa irá continuar sendo a mesma para quem possui o cartão social, benefício concedido pelo programa "Domingão a R$ 1", em vigor, sem alterações, desde 2007.

Natália de Oliveira
Do G1 Sorocaba e Jundiaí

Leia também sobre:
READ MORE - Tarifa de ônibus sobe para R$ 3,20 a partir de 9 de agosto em Sorocaba

Faixa de pedestres elevada é instalada em Porto Alegre

Uma nova faixa de pedestres mais alta que o nível da rua está em fase de testes na Zona Norte de Porto Alegre. É a chamada lombo-faixa, criada para obrigar os motoristas a reduzirem a velocidade, diminuindo assim o número de atropelamentos. Ela foi instalada na frente de uma escola na Avenida Lydia Moschetti, no Bairro Rubem Berta.

“O objetivo é valorizar o pedestre, fazendo com que ele tenha realmente um espaço no seu nível para atravessar a rua normalmente. Neste caso, o automóvel tem que mudar de atitude, porque ele estará entrando em uma faixa que é de exclusividade do pedestre, então é uma mudança de cultura a faixa elevada”, explica a diretora da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) Maria Cristina Ladeira.

Só este ano 22 pessoas morreram atropeladas em porto alegre. Apesar de estar em fase de testes, a prefeitura diz que já tem alguns pontos em estudo para a ampliação dentro da cidade. A nova faixa só pode ser implementada em vias com menos de 40 km/h. Por isso, a EPTC deve ser instalada perto de escolas e hospitais.

Informações: G1 RS


READ MORE - Faixa de pedestres elevada é instalada em Porto Alegre

Reforço da frota de ônibus em Natal somente em 2015

O incremento de 50 ônibus na atual frota de veículos das empresas de transporte público que circulam em Natal, sinalizado pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) dia 23 de Julho, após anunciar o aumento de R$ 0,15 na tarifa de ônibus,  deve demorar até cinco meses. Por ora, a Semob ainda faz estudo de planejamento e logística para definir que empresas, linhas e percursos vão receber novos carros. 
Foto: Junior Santos

De acordo com secretário adjunto de Transporte de Natal, Clodoaldo Trindade, o prazo para os ônibus começarem a circular na capital é  dezembro de 2014. “Estamos trabalhando para que até o final do ano, no máximo os ônibus comecem a circular, mas antes é necessário um planejamento, que não é elaborado tão rápido”, explica. 

Segundo o secretário, o estudo está sendo elaborado mediante as necessidades do transporte público de Natal. “Precisamos analisar as linhas existentes, os horários, assim como as ruas e avenidas pelas quais esses ônibus iriam passar, as maiores necessidades, pois, existem lugares com uma demanda maior que outros. Tudo isso está sendo visto com cuidado”, afirma Clodoaldo. 

O reajuste de R$0,15 foi aprovado pelo Conselho Municipal de Transporte e Mobilidade Urbana (CMTTU) na última quarta-feira (23) e publicado através da portaria58 do Diário Oficial do Município no dia 24, passando a vigorar no domingo (27). A Semob condicionou o aumento de R$ 0,15 a adição de 50 ônibus a atual frota de veículos. Em Natal, a frota tem 626 veículos em circulação, com idade média de 6,23 anos. 

A portaria, assinada pela secretária de Mobilidade Urbana, Elequicina dos Santos, estabelece que a passagem para os estudantes será de R$1,175. Já a tarifa social em domingos e feriadas foi arredondada para R$ 1,20. A tarifa da linha Norte Fácil subiu para R$ 1,80.

Sobre outro fator exigido pela secretaria, que foi o retorno da linha 66 ao itinerário, cruzando o Campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o secretário adjunto afirma que ele deve retomar em dezembro, pois também está sendo feita uma análise dos trechos em que a linha vai circular. “Em alguns pontos, existe uma enorme dificuldade de circulação de ônibus, principalmente algumas ruas de Nova Descoberta, que já são estreitas e as pessoas insistem em estacionar os carros em locais errados. Apesar da nossa fiscalização, o problema ainda é recorrente”, frisa. 

Números
626 veículos integram a frota em circulação em Natal, com idade média de 6,23 anos.
530 mil pessoas, em média, utilizam o transporte público na cidade.

Informações: Tribuna do Norte

READ MORE - Reforço da frota de ônibus em Natal somente em 2015

Metrô de Salvador estende horário de funcionamento em agosto

A partir de sexta-feira, 1º de agosto, o metrô de Salvador irá funcionar por mais uma hora, com viagens das 9h às 16h de segunda a sexta-feira. O novo horário é válido somente até o dia 31 de agosto, quando sofrerá nova alteração.

A previsão da concessionária CCR Metrô Bahia é que o transporte passe a operar das 8h às 16h a partir de setembro. Ainda de acordo com a empresa, a operação comercial deve ter início no dia 15 de setembro, quando o serviço estará disponível das 5h às 24h todos os dias da semana.

Inaugurado em 11 de junho deste ano, o Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas está em fase experimental para adaptação gradativa e ajustes na operação. O percurso tem ao todo quatro estações: Lapa, Campo da Pólvora, Brotas e Acesso Norte.

Informações: A Tarde Online


READ MORE - Metrô de Salvador estende horário de funcionamento em agosto

Recife: Especialista diz que sistema de terminal integrado é ultrapassado e ineficaz

Sinônimos de longas filas, tumulto e reclamações, os Terminais Integrados (TIs) da Região Metropolitana do Recife (RMR), que compõem a base do Sistema Estrutural Integrado (SEI), representam hoje um ponto dissonante no sistema de mobilidade, que necessita de reformulação no seu funcionamento. As recorrentes confusões que acontecem em alguns dos espaços, a última registrada, na quarta passada no TI da Macaxeira, na Zona Norte do Recife, faz com que os usuários não acreditem em qualquer melhoria que possa garantir mais conforto na utilização do serviço.

Algumas das queixas dizem respeito a um problema quase que casado: a demora nos coletivos e a necessidade de ter que ir ao terminal para poder prosseguir viagem até o destino final. Desde o início da operação de alguns terminais, como o Pelópidas Silveira, em Paulista, e o Tancredo Neves, na Imbiribeira, milhares de moradores se viram prejudicados, pois perderam as linhas que os levavam, sem baldeação, até o Centro da Cidade, por exemplo. Esse é o caso da repositora Josiane Amorim.

Antes do funcionamento do Terminal Integrado, a moradora do bairro de Maranguape I, em Paulista, contava com uma linha que a deixava direto no trabalho, gastando apenas 20 minutos no trajeto. Atualmente, ela e todos os vizinhos perderam o “benefício” e precisam pegar o coletivo de uma linha alimentadora e descer no TI Pelópidas Silveira. Só então pode seguir em outro transporte até o trabalho. “Agora levo cerca de uma hora para chegar ao serviço. Se por um lado a passagem da volta diminuiu, de um vale “B” para o “A”, a espera é muito maior, o que não compensa”, declarou a jovem.

Apesar dos problemas, alguns usuários acreditam que existem, no meio de tantos empecilhos, pontos positivos nos terminais integrados. A estudante Rubenice da Silva, moradora do Córrego do Abacaxi, em Olinda, precisa pegar todos os dias um ônibus até o TI de Xambá, na avenida Presidente Kennedy. “Antes existia a linha Córrego do Abacaxi que seguia direto até o Centro. Ficou ruim pra mim, mas para outras pessoas o sistema facilitou, pois agora elas possuem opções para ir até a Joana Bezerra ou Afogados, sem precisar pagar nova passagem”, ponderou.

A usuária lembra, entretanto, que quando a linha seguia direto do bairro, o coletivo não chegava a lotar, porém, com a criação da integração no Xambá, os veículos só saem lotados. “Agora são os passageiros do bairro e de vários outras localidades de Olinda”, observou. No TI da Macaxeira, onde o atraso revoltou os passageiros que fizeram um protesto na última quarta, e foram dispersados depois da ação do Batalhão de Choque da PM, a situação também é de insatisfação. Mesmo após o reforço de sete coletivos em cinco linhas de ônibus que passam pelo equipamento, a população critica o espaço. Até fora dos horários de pico é possível ver situações que tiram a paciência dos passageiros, como longas filas e pessoas que não respeitam a ordem e passam na frente para viajar sentados.

Especialista diz que modelo é ultrapassado e ineficaz 

Para o engenheiro civil Stênio Cuentro, que já realizou vários estudos na área de transporte, o modelo dos Terminais Integrados está desatualizado e não atende mais a necessidade dos usuários. “O sistema dos TIs é da década de 1980, do segundo governo de Miguel Arraes, quando o volume de passageiros era muito diferente. O Estado levou mais de 20 anos para implantar os terminais e o planejamento não acompanhou a evolução da população. Hoje existem grande fluxos de usuários, como em Suape e Goiana, que não fazem parte dessa integração”.

Ainda de acordo com o especialista, é preciso refazer todos os estudos do SEI, sendo um dos principais a pesquisa de origem e destino, que aponta quais trajetos os passageiros realizam diariamente. Mesmo o novo sistema de transporte público, o Bus Rapid Transit (BRT), para Stênio, já nasce superado. “A cidade de Curitiba começou o BRT em 1982, hoje eles já pensam em outra forma de transporte de massa, que são as linhas de metrô”, disse.

A diretora de Planejamento do Grande Recife Consórcio de Transportes, Lúcia Recena, defende que os Terminais Integrados têm como função garantir a racionalização das linhas de ônibus, evitando sobreposição. “Se todas as linhas chegassem até o Centro, a cidade não andava. Hoje o usuário pode sair de Itamaracá e chegar até o Cabo de Santo Agostinho pagando apenas uma passagem”, observa a gestora.

Lúcia contesta que os usuários perdem mais tempo com a baldeação nos terminais. Para ela, a redução do número de linhas nos corredores troncais garante viagens mais rápidas dos veículos que realizam esse serviço. Sobre os problemas de atrasos, a diretora do Grande Recife afirma que os problemas ocorrem, principalmente por conta da má conservação das vias, e cita como exemplo a BR-101 Sul, por onde passam algumas das linhas que atendem o terminal da Macaxeira. “Trabalhamos junto das prefeituras para garantir que os corredores de transportes estejam em boas condições”.

SAIBA MAIS

EQUIPAMENTOS- Atualmente, 800 mil passageiros utilizam diariamente os terminais integrados da Região Metropolitana. Dos 18 TIs em operação, sete estão em obras e dois em ampliação (Barro e Joana Bezerra). Também estão sendo construídos cinco novos equipamentos: Prazeres; TI da III Perimetral; TI da IV Perimetral; Abreu e Lima; e Largo da Paz.

READ MORE - Recife: Especialista diz que sistema de terminal integrado é ultrapassado e ineficaz

Há 2 anos, ônibus rápidos circulam sem via apropriada em Campinas

Os ônibus de trânsito rápido, os BRTs (Bus Rapid Transit), estão nas ruas de Campinas (SP) há dois anos. Porém, os corredores necessários para que eles circulem livres do trânsito de coletivos convencionais e carros de passeio não foram construídos como prometido. Agora, a Prefeitura alega que eles devem ficar prontos em 2016.

Os corredores serão construídos nas regiões do  Ouro Verde e Campo Grande. Juntas,  estas duas regiões têm cerca de 400 mil moradores. Trezentas mil pessoas devem ser beneficiadas quando o sistema estiver operacional.

O ônibus rápido, que comporta até 150 passageiros e tem TV e internet wifi, reduziria em até 30% o tempo do trajeto entre bairros mais distantes e o centro. O veículo poderá atingir 40 km/h. Hoje, os passageiros além de não ter os benefícios, enfrentam carros lotados e atrasos. "Com certeza eu chegaria ao trabalho mais rápido", reclama a doméstica Marilde dos Reis. Nesta quinta-feira (31), a EPTV, afiliada da Rede Globo, flagrou passageiros viajando sentados nas escadas em uma das linhas do BRT. "

Trajetos
De acordo com a Prefeitura, o corredor do BRT terá 14,4 quilômetros de extensão no Ouro Verde, com saída da região central e trajeto pelas avenidas João Jorge, Amoreiras, Rui Rodrigues, Camucim, até chegar ao Terminal Vida Nova.

Já no Campo Grande serão 17,8 quilômetros que começam na região central, seguindo pelo leito desativado do antigo VLT (Veículo Leve sobre Trilhos), pela Avenida John Boyd Dunlop e chegando ao Terminal Itajaí.

Entre os corredores do Ouro Verde e Campo Grande, haverá uma perimetral com quatro quilômetros de extensão para ligar a Vila Aurocan até o bairro Campos Elíseos, seguindo pelo leito desativado VLT.

R$ 338 milhões
A Prefeitura de Campinas informou  que o atraso nas obras ocorreu por ser um projeto complexo, que exige um grande detalhamento. A verba de R$ 338 milhões para a implantação dos corredores já foi liberada e a previsão é que as obras comecem no início de 2015.

Informações: G1 Campinas e Região

READ MORE - Há 2 anos, ônibus rápidos circulam sem via apropriada em Campinas

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960