Segunda-feira terá greve de ônibus em Belo Horizonte

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Foi expedida neste domingo (23) uma liminar da Justiça do Trabalho que garante que 70% da frota deverá rodar nos horários de pico durante a greve geral dos motoristas, cobradores e demais funcionários das garagens de ônibus da região metropolitana de Belo Horizonte, marcada para começar nesta segunda-feira (24). A medida ainda define que 50% da frota esteja ativa no entre-pico, sob risco de multa de R$ 50 mil por dia caso a medida seja descumprida.

A informação foi repassada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Belo Horizonte (SetraBH), que entrou com a ação tentando frear a greve. De acordo com o assessor do SetraBH, Edson Rios, eles entraram com o pedido na justiça na última sexta-feira (21). "O nosso esforço é para não deixar parar, enquanto continuamos as negociações”, ressaltou Rios.

Já o sindicato dos rodoviários confirmou ter sido notificado da decisão judicial, mas garante que a greve será mantida. “A liminar não especificou, e entendemos que os funcionários da administração e da manutenção já somam os 70% previstos. Então, vamos trabalhar para a paralisação total”, afirmou o coordenador de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de BH e Região (STTR-BH), Carlos Henrique Marques.

Segundo os rodoviários, cinco rodadas de negociações foram feitas com os empresários, sem nenhum acordo. O STTR-BH informa que a greve se justifica “em função da intransigência patronal”. A reportagem tentou contato com o Tribunal Regional do Trabalho em Minas Gerais, mas ninguém foi encontrado para comentar a decisão.

As exigências

A greve dos rodoviários está combinada para ser deflagrada à 0h desta segunda e seguirá por tempo indeterminado, segundo o  STTRBH. Entre as principais reivindicações da categoria estão 21,5% de reajuste salarial, redução da jornada de trabalho para seis horas, participação nos lucros das empresas e fim das cobranças das punições geradas por batidas e multas administrativas.

Auditoria

No mesmo dia em que terá início a greve dos ônibus, será divulgado nesta segunda-feira (24) o resultado da auditoria que vai apontar se é possível haver redução ou não no preço da passagem de ônibus na capital. Após meses de atraso (a previsão era que a auditoria ficaria pronta em novembro), a apresentação será feita durante reunião marcada pela Prefeitura de Belo Horizonte com o Conselho Municipal de Mobilidade Urbana, às 18h, no auditório do Museu Histórico Abílio Barreto.

A auditoria do transporte público foi contratada pela Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) em março do ano passado, para esclarecer a composição de preço das passagens de ônibus. Sua divulgação vem sendo cobrada desde as manifestações de junho de 2013, e a previsão inicial era de que os resultados fossem revelados à população em novembro passado.

Informações: O Tempo

READ MORE - Segunda-feira terá greve de ônibus em Belo Horizonte

Três terminais de ônibus de Maceió passam por reformas

Com o intuito de oferecer um melhor serviço aos usuários de transporte público, a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), está realizando obras de reforma e recuperação da estrutura física e coberta nos terminais do Benedito Bentes, José da Silva Peixoto e da Levada, no Mercado da Produção. As obras foram iniciadas no mês de janeiro após a assinatura da ordem de serviço pelo prefeito de Maceió, Rui Palmeira.

De acordo com a SMTT, o terminal integrado do Benedito Bentes está na fase de preparação da coberta e do polimento do piso. O prazo de entrega será de 30 a 40 dias contados a partir da data de assinatura, no último dia 20. Já no terminal do José da Silva Peixoto está sendo feito o acabamento e troca das cobertas e o prazo de entrega será daqui a 30 dias. O primeiro terminal onde a reforma foi iniciada, o do Mercado, na Levada, encontra-se na fase de finalização do revestimento, coberta, banheiros e lanchonete. A previsão para a entrega da obra será daqui a 20 dias.

Segundo o superintendente da SMTT, Tácio Melo, as reformas darão mais comodidade e conforto aos usuários do transporte público. “São obras que devem oferecer benefícios não somente para os passageiros, como também os motoristas, fiscais e cobradores que operam no sistema”, frisa o superintendente. Ao todo serão investidos mais de R$ 370 mil na reforma dos terminais do Mercado da Produção, Benedito Bentes e José da Silva Peixoto.

Para este primeiro trimestre, a SMTT fará ainda a licitação para a reforma dos terminais do Osman Loureiro, Trapiche da Barra, Sanatório e Rio Novo, além da construção do terminal do Village Campestre. A construção do calçamento da parada dos ônibus do Conjunto Rosane Collor já foi licitada e aguarda a homologação para o início das obras. Em 2013, a SMTT fez a reforma do terminal do Vergel do Lago.

Informações: Alagoas 24horas

READ MORE - Três terminais de ônibus de Maceió passam por reformas

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960