Trânsito muda em São Conrado com fim de parte das obras do Metrô

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

O trânsito na Avenida Aquarela do Brasil, em São Conrado, na Zona Sul do Rio, será normalizado a partir deste sábado (20) com o término dos serviços de contenção para as obras da Linha 4 do Metrô, ligação de Ipanema - Barra da Tijuca. Com o final das obras, a avenida volta a ter mão dupla em toda a sua extensão. Desde março, para a escavação de mais um trecho do acesso de passageiros à Estação São Conrado, a via operava em mão única, no sentido praia.

De acordo com a Linha 4 do metrô, o acesso para motoristas que seguem pelas ruas Olympio Mourão Filho e Berta Lutz (via auxiliar autoestrada Lagoa-Barra) em direção à Aquarela do Brasil será mantido. Quem vier da Praia de São Conrado pela Aquarela do Brasil também conseguirá acessar o túnel ou seguir em direção à Avenida Niemeyer e Estrada da Gávea. As demais rotas de circulação no bairro não serão alteradas.
  
Obra em São Conrado
Segundo a Linha 4, a estação do bairro está completamente escavada e o  piso de granito já está sendo colocado no mezanino.

As salas técnicas e banheiros para os usuários estão recebendo os acabamentos. Os túneis de acesso de passageiros que vão chegar à estação pela Rocinha e pela Estrada da Gávea já foram construídos.

Também já foram iniciadas as escavações a céu aberto da entrada do acesso, em frente à Igreja Universal. Em São Conrado, a estação terá três acessos: Estrada da Gávea, Avenida Niemeyer e Avenida Aquarela do Brasil. A previsão é de que cerca de 60 mil pessoas utilizem a Estação por dia.

A Linha 4 do Metrô do Rio de Janeiro (Barra da Tijuca—Ipanema)  vai transportar mais de 300 mil pessoas por dia, retirando das ruas cerca de 2 mil veículos por hora/pico, segundo a Linha 4. Serão seis estações (Jardim Oceânico, São Conrado, Gávea, Antero de Quental, Jardim de Alah e Nossa Senhora da Paz) e aproximadamente 16 quilômetros de extensão.

A Linha 4 do Metrô entrará em operação no primeiro semestre de 2016, após passar por uma fase de testes. Será possível ir da Barra a Ipanema em 13 minutos e, da Barra ao Centro, em 34 minutos.

Informações: G1 Rio

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960