Juiz de Fora terá aplicativo para usuário monitorar ônibus coletivos‏

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Os usuários do transporte coletivo de Juiz de Fora terão à disposição, já a partir desta quinta-feira (4), um aplicativo gratuito que permite monitorar as linhas de ônibus da cidade em tempo real. A partir do programa, que é baixado em smartphones, o usuário poderá saber, por exemplo, quanto tempo terá que esperar até a chegada do seu ônibus, no ponto em que se encontra. O aplicativo também traz informações sobre os pontos, as linhas e suas locaizações. O programa é uma iniciativa da Prefeitura, através da Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra), que fez o lançamento do projeto durante coletiva na tarde desta quarta-feira (3). 
De acordo com a Settra, todos os 5.200 pontos de ônibus do município foram mapeados. O aplicativo se chama CittaMobi, estará disponível para os sitemas Android e IOS e poderá ser baixado nas lojas virtuais dos sistemas. 

A ferramenta permite informar os pontos de ônibus mais próximos de onde o passageiro se encontra, ou em outro local desejado; disponibiliza as linhas que atendem a cada ponto da cidade, com a previsão de chegada dos ônibus com até duas horas de antecedência; informa se os ônibus são adaptados para deficientes; marca as linhas e pontos de ônibus preferidos ou mais utilizados; visualiza os arredores do ponto escolhido, com o recurso Street View, do Google Maps; informa os pontos de parada e o tempo previsto para se chegar a cada um dos pontos; possibilita habilitar um alarme para que o passageiro saiba que se encontra próximo do ponto onde irá descer; e informa todo o percurso da linha utilizada, quantos ônibus estão circulando nesse percurso no momento da consulta e onde se encontram.

O aplicativo faz parte do projeto "No Ponto", que compõe todo o sistema de monitoramento do transporte público em Juiz de Fora. Além da ferramenta para smartphones, o projeto inclui a Central de Controle e Monitoramento (CCM), que está em fase de implantação pela Settra. Tanto o aplicativo quanto a CCM operam através de dados recebidos via GPS.

Durante a coletiva na Prefeitura, também foi anunciado que as linhas do Bilhete Único serão expandidas. De acordo com Bruno Siqueira, outras seis linhas vão entrar em operação até o final deste mês. Atualmente, são quatro. A perspectiva é de que, até o fim do ano que vem, toda a cidade seja atendida com o Bilhete Único.

Informações: G1 Zona da Mata

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960