Tarifa de ônibus coletivo em Curitiba pode subir em novembro

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

A tarifa do transporte público deve voltar a subir em Curitiba. O prefeito Gustavo Fruet declarou nesta quarta-feira,5, que precisará adotar medidas de curto prazo para equilibrar o déficit no sistema de transporte coletivo. O prefeito se reuniu nesta tarde com o governador Beto Richa para negociar o valor do subsídio para o próximo ano. As medidas devem ser anunciadas até a semana que vem.

Desde as manifestações no ano passado a passagem, que era R$2,80, se mantém em R$2,70. Esse valor inclui a rede integrada com a região metropolitana. A manutenção dessa tarifa depende de um subsídio de R$7,5 milhões do governo estadual e mais R$4,5 milhões da prefeitura de Curitiba. Esses valores compensam a diferença entre a tarifa paga pelo usuário e a técnica exigida pelas empresas, de R$3,18.

Em fevereiro já estava previsto em contrato um reajuste do valor do transporte público. Na próxima semana, Fruet deverá anunciar se a tarifa aumenta já em novembro por causa do déficit. O prefeito estuda possibilidades para a redução da tarifa técnica e alternativas para evitar atrasos nos repasses de verba às empresas que atuam no sistema. Essas medidas seriam alternativas para tentar diminuir o aumento da tarifa para o usuário. 

Informações: Bem Paraná

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960