Em Porto Alegre, Obras para implantação do binário serão intensificadas

domingo, 2 de novembro de 2014

Com previsão de conclusão em janeiro de 2015, as obras para a implantação do binário nas avenidas Praia de Belas e Borges de Medeiros, em Porto Alegre, estão concentradas principalmente na construção da alça que ligará o viaduto Dom Pedro I e a Praia de Belas. Pequenas interrupções no trânsito têm sido feitas para a realização do trabalho, mas sem grande impacto no tráfego da região.

O diretor-presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, alerta que na próxima semana deve ser realizado um bloqueio maior, nas proximidades do terminal de ônibus das linhas T2 e T5, localizado na rua Peri Machado, que também será alterado. O objetivo do projeto é ampliar a segurança da circulação e melhorar a fluidez do tráfego para os mais de 15 mil veículos que passam diariamente pela localidade. 

“As modificações mais consideráveis na região começarão na próxima semana, e os pontos detalhados dos bloqueios e desvios serão informados previamente para a população. Até o momento, as interrupções não tiveram grande impacto no fluxo e não registramos problemas”, afirma Cappellari. De acordo com ele, outra frente de trabalho está realizando os alargamentos necessários nas vias, principalmente na Praia de Belas. Além disso, estão sendo implantadas rampas de acessibilidade nas calçadas. 

O binário consiste em duas vias paralelas com sentidos únicos e opostos. Com isso, o tráfego da Borges de Medeiros terá sentido único a partir do Viaduto dos Açorianos em direção à Padre Cacique. Na avenida Praia de Belas, o fluxo será no sentido oposto, no mesmo trecho. Ao todo, serão seis faixas de circulação de veículos por sentido. 

O projeto viário foi elaborado pela EPTC e prevê 17 novas faixas de segurança com semáforos. Atualmente, são sete pontos de travessia segura. Novas paradas de ônibus também serão instaladas, com bancos e lixeiras. No futuro, elas serão adaptadas ao sistema BRT da zona Sul. As obras, iniciadas no dia 1 deste mês, estão sendo feitas pela empresa Coesul, contratada pelo Praia de Belas Shopping como contrapartida pela ampliação do estabelecimento. 

Antes do início das intervenções, o Ministério Público instaurou inquérito para investigar a possibilidade de infração ao Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI), que prevê a implantação de sistema cicloviário em todas as construção ou expansões das vias públicas integrantes da Rede Cicloviária Estrutural. O inquérito foi aberto após solicitação da Associação pela Mobilidade Urbana em Bicicleta (Mobicidade). A prefeitura tem até o dia 23 de novembro para fornecer as informações solicitadas pelo Ministério Público. De acordo com a assessoria do órgão, o procedimento não interfere no andamento das obras.

Segundo Cappellari, o projeto que está sendo executado não prevê via nova, mas consiste em adaptações nas existentes para melhorar a circulação dos veículos. “Quando implantarmos os BRTs na região, avaliaremos a construção de uma ciclovia, podendo ser feito um acréscimo no plano. Contudo, não existe previsão no PDCI de ciclovia nestas duas avenidas”, explica.

Por Jessica Gustafson
Informações: Jornal do Comércio


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960