Volvo vendeu 274 ônibus para o linhas complementares do Transmilênio de Bogotá

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

A Volvo Bus Latin America vendeu 274 ônibus para o SITP – Sistema Integrado de Transporte Público, capital da Colômbia. Foram 204 para a ETIB empresa ETIB – Empresa de Transporte Integrado SAS (36 híbridos, 56 veículos convencionais com piso baixo e 112 com piso alto) e 70 unidades convencionais com piso baixo para a Massivo Capital. 

Os ônibus vão circular em linhas alimentadoras e complementares ao Transmilênio, BRT da cidade. 

A ETIB adquiriu os veículos para substituir sua frota atual por ônibus com tecnologias menos poluentes. Os veículos da Massivo Capital serão destinados à reposição de frota e também para circular nas vias de ampliação do SITP. 


Os modelos convencionais possuem tecnologia Euro 5 e são 80% menos poluentes que os veículos em circulação atualmente. Já os híbridos poluem 50% menos que os modelos Euro 5.“Optamos por renovar nossa frota com veículos Volvo pela qualidade dos ônibus que operam no Transmilênio, por possuir híbridos em seu portfólio de produtos, porque os ônibus consomem menos combustível que os ônibus que utilizamos atualmente, e ainda pelo pós-venda oferecido pela marca”, afirma Diego Martinez, gerente geral da ETIB.

No final de 2013, o município de Bogotá baixou um decreto pelo qual adota o Plano de Melhoria Tecnológica (Plan de Ascenso Tecnológico) no transporte público que determina a substituição progressiva de veículos movidos a diesel em circulação atualmente, por outros com zero ou baixa emissão de poluentes. A partir dessa determinação, toda a frota circulante na cidade começa a ser substituída por ônibus com tecnologia Euro 5, ou com outras tecnologias mais limpas, como veículos híbridos e elétricos.

“Nossos veículos são uma excelente opção para atender às exigências dos administradores do sistema de transporte de Bogotá. Temos híbridos em nosso portfólio e nossos veículos movidos a diesel, além da redução de emissões característica da norma, são os mais econômicos do mercado, o que reduz ainda mais a emissão de CO2”, destaca Alexandre Selski, gerente de ônibus urbanos da Volvo Colômbia.

Os ônibus convencionais têm capacidade para 80 passageiros. São equipados com caixa de transmissão automática e um sistema de controle de aceleração que reduz o consumo de combustível e o desgaste das peças, o que, além de diminuir as emissões, diminui os custos operacionais.A venda dos híbridos inclui um pacote de manutenção que garante a tranquilidade e a segurança do cliente. 

Os veículos possuem contrato de manutenção plena, que vai desde a troca de óleo até reparos, e um contrato de sessão da bateria do motor elétrico, pelo qual a Volvo cobra um valor mensal e assume toda a responsabilidade pela bateria, caso haja necessidade de substituição e a destinação final ambientalmente correta.

Informações: Volvo

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960