No Recife, Metroviários encerram greve e trens voltam a circular nesta sexta-feira

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Em assembleia realizada na Estação Recife, na área central da Cidade, na noite desta quinta-feira (9), os metroviários decidiram encerrar a greve deflagrada há três dias. Os funcionários do sistema aceitaram a proposta da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) feita à tarde, em uma reunião no Rio de Janeiro. Na ocasião, a empresa e o sindicato que representa a categoria acertaram que um grupo de trabalho será criado para discutir a implantação de medidas de reforço da segurança nas estações, principal reivindicação dos funcionários. A operação dos trens será retomada nesta sexta-feira (10).

Desde a última terça (7), 400 mil passageiros que usam o metrô não contaram com o serviço nem mesmo nos horários de pico. Apesar da determinação do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-PE) de que a operação fosse mantida das 5h às 9h e das 17h às 21h, de segunda a sexta, e das 5h às 13h, aos sábados, os grevistas insistiram em manter a paralisação em 100% do sistema, mesmo sob o risco de multa diária de R$ 800 mil pelo descumprimento da decisão. Uma reunião entre a CBTU e o Sindicato dos Metroviários chegou a acontecer na última quarta-feira (8), mas terminou sem consenso.

A proposta que pôs fim à greve prevê que o grupo de trabalho com representantes das duas partes entregue um plano de ações preventivas em até 90 dias, “contemplando a infraestrutura, tecnologia, recursos humanos e treinamento”. Os metroviários alegam que os pontos de embarque e desembarque, bem como as composições, são alvejados por práticas de violência constantemente, como assaltos, furtos e atos de vandalismo. Entre as reivindicações da categoria – que não incluíram pautas salariais – estão a formalização de um convênio com a Polícia Militar e a contratação de vigilantes patrimoniais armados.

Veja detalhes do acordo, conforme as principais reivindicações dos grevistas:

- Contratação de concursados
A CBTU se comprometeu a apresentar um trabalho de adequação do quadro de pessoal, seguindo recomendações do Tribunal de Contas da União (TCU) no que se refere a terceirizações, definição de vagas e alocação de recursos para admissão de pessoal concursado.

- Convênios com a Polícia Militar
Segundo a empresa, já foi iniciada a negociação com os órgãos competentes para a melhoria da segurança. A CBTU disse que confirmou com a Secretaria de Defesa Social (SDS) a presença de policiais militares nos terminais de integração prontos a serem acionados pelos supervisores das estações em casos de violência. A medida começou a valer já a partir desta quinta.

- Reforço na segurança em dias de jogos
A formalização desses convênios deverá atender também a questões de segurança no entorno das estações e esquemas especiais de segurança em dias de jogos nos estádios sediados na Região Metropolitana do Recife.

- Caixas eletrônicos nas estações
A CBTU se comprometeu a solicitar, junto às instituições bancárias, novos horários de abastecimento dos caixas eletrônicos instalados nas estações. Caberá ao supervisor impedir o abastecimento em horários não estabelecidos.

- Dupla de vigilantes patrimoniais
O grupo de trabalho formado pela empresa e pelo sindicato buscará definir as atribuições, competências e habilidades desses profissionais.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960