Ciclistas buscam compromisso de Dilma e Aécio no 2º turno

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Nos últimos anos aumentou bastante a compreensão, pela sociedade brasileira, de que a bicicleta pode contribuir significativamente para melhorar a mobilidade urbana, com as gratas vantagens de praticamente não impactar sobre o meio ambiente, custar pouquíssimo para o erário e favorecer a saúde e a qualidade de vida dos seus usuários.

Por isso a UCB – União de Ciclistas do Brasil está buscando a assinatura dos candidatos a presidente na “Carta Compromisso com a Mobilidade Ciclística”. O documento, elaborado por ciclistas de norte a sul do país, contém 14 propostas que sintetizam as demandas para a inclusão do ciclismo, com segurança e conforto, como forma mobilidade urbana.


Todos os candidatos a presidente receberam oficialmente a proposta da UCB. No primeiro turno as candidatas Luciana Genro (PSOL), Marina Silva (PSB) e o candidato Eduardo Jorge (PV) assinaram o documento, sinalizando sua sensibilidade para o tema.

Agora, no segundo turno, os ciclistas continuam sua campanha, buscando o comprometimento dos dois candidatos que, desde já, correm com apertada diferença de intenções de voto dos eleitores.

Será muito importante que Dilma Roussef (PT) e Aécio Neves (PSDB) comprometam-se com políticas públicas que revertam a grave situação do trânsito brasileiro. 40 mil mortos anuais, legiões penando no transporte coletivo precário, igual quantidade insegura de poder fazer coisas simples de um modo simples: de bicicleta.

Para influenciar os candidatos, os ciclistas pretendem aumentar a quantidade de apoiadores: de cidadãos (através do abaixo-assinado, ora com 9.470 assinaturas); de entidades da sociedade civil, empresariais e de classe (63, no momento); e de parlamentares eleitos (ao todo, 79 candidatos ao legislativo apoiaram, sendo que 7 deles foram eleitos).

Em duas semanas e meia conheceremos quem governará o país por mais quatro anos. Mais do que aceitar passivamente as políticas públicas vindouras, os ciclistas brasileiros estão empenhados em influenciar, desde já, políticas públicas que, democratizando o espaço público, favoreçam o bem comum.

Por isso, também no segundo turno: Bicicleta > Confirma!

Informações: UCB - União de Ciclistas do Brasil

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960