SMTT segue com reformas terminais de ônibus em Maceió

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) prossegue com as obras de melhorias do serviço de transporte público. A SMTT vem realizando trabalhos de reestruturação e reformas em diversos terminais de ônibus da cidade. Mais recentemente, o terminal do bairro do Sanatório foi mais um contemplado com os trabalhos de reforma e já foi entregue à população no começo deste mês.

Além dele, os terminais do Salvador Lyra, Selma Bandeira, João Sampaio, Trapiche da Barra, Mocambo e Osman Loureiro também irão receber os trabalhos necessários de reparos, como a recuperação da parte elétrica, pinturas, substituição das cobertas, pavimentação, melhoria nas esquadrias, troca de piso, reestruturação dos banheiros, padronização da fachada, colocação de piso tátil e calçada de acessibilidade.

De acordo com a SMTT, além dos reparos básicos, o terminal do Mocambo, no bairro do Benedito Bentes, terá também uma área de convívio e um aumento na área de estocagem para mais ônibus já que no terminal funcionam três empresas de coletivos. Já no terminal do Trapiche da Barra será reparada a parte de saneamento para melhor acomodação dos usuários do transporte público.

Além das reformas, a SMTT já inicia os preparativos para a construção do terminal do Village Campestre. O terminal ficará próximo ao prédio da Vila Olímpica da Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semel) e terá pavimentação, banheiros, calçada de acessibilidade para pessoas com dificuldade de locomoção, ponto de apoio para os motoristas e cobradores e um abrigo de ônibus.

Os trabalhos de reformas e construção de terminais de ônibus seguem o cronograma da SMTT e até o momento foram reformados os terminais do Vergel do Lago, do Mercado da Produção na Levada, Conjunto José da Silva Peixoto no Jacintinho e o último o do Terminal Integrado do Benedito Bentes.

Informações: Tribuna Hoje

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960