SP ganha quase 3 km de faixa exclusiva para ônibus

segunda-feira, 28 de julho de 2014

A avenida Vila Ema, na zona sul, contará a partir desta segunda-feira (28) com mais 2,3 km de faixas exclusivas para ônibus. Os coletivos terão prioridade no trecho, no sentido centro, de segunda a sexta-feira, das 6h às 9h. Segundo a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) a implementação das faixas da Operação Dá Licença para Ônibus, que é feita em conjunto com a SPTrans (São Paulo Transporte), ficará entre as ruas Francisco Fett e Domingos Afonso.  
Daia Oliver/R7
Para sinalizar estes 2,3 km, a CET informa que usará 114 placas de trânsito e 1.555 m² de sinalização horizontal. 

Zona leste

Também a partir desta segunda-feira, a CET e a SPTrans implantam 600 metros de faixa exclusiva à direita para ônibus no sentido centro da avenida Aricanduva, no trecho entre a rua Júlio Colaço e a radial Leste (avenida Conde de Frontin), na zona leste da cidade. Os coletivos terão prioridade de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h.

A ativação também está inserida na Operação Dá Licença para o Ônibus. Com isto, busca-se a redução dos tempos de viagens. 

Com os novos trechos implantados hoje, as faixas exclusivas já somam 344,7 km na capital paulista. É estimado pela companhia que 107 mil passageiros sejam beneficiados pela faixa da zona sul. Já pela avenida Aricanduva, as 13 linhas de ônibus da região transportam 164 mil passageiros, em média, por dia útil. 

Fiscalização

A ativação dos novos trechos terá um período de adaptação para que os agentes de trânsito orientem os motoristas para não invadirem a faixa nos horários definidos para a exclusividade dos ônibus. A partir do dia 11 de agosto, a fiscalização será intensificada. Independente disso, a orientação é para que todos os motoristas respeitem a faixa exclusiva desde o início da implantação.  

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, transitar na faixa exclusiva de ônibus é uma infração leve, com perda de três pontos na carteira e multa de R$ 53,20.  

Informações: R7.com

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960