Em Salvador, Nova Estação da Lapa terá shopping e wi-fi, diz secretário

quarta-feira, 23 de julho de 2014

A Estação da Lapa, uma das maiores da América Latina em número de passageiros, ganhará ainda mais importância após a integração com o metrô e o projeto Corredores de Transporte Público Integrado de Salvador (BRT). Esta é a afirmação do secretário municipal de Urbanismo e Transportes, Fábio Mota, que anunciou o lançamento do edital de concessão do terminal para até 30 de agosto.

A empresa vencedora da licitação terá de investir R$ 13 milhões na reestruturação do espaço. "Será necessária a substituição de todas as escadas rolantes, a climatização do local, wi-fi e questões que envolvem a arquitetura. Enfim, será uma nova Estação da Lapa", ressalta.

Além do investimento inicial, a nova concessionária terá uma despesa mensal de R$ 300 mil para a manutenção do terminal que, atualmente, é de responsabilidade da prefeitura. Em contrapartida, a empresa poderá construir o novo shopping no primeiro andar da Estação, onde hoje funciona o abrigo para os ônibus. Não haverá construções no subsolo, que permanece com o trânsito de ônibus e passageiros.

Via expressa

A reestruturação da Lapa estará intimamente relacionada à construção da Ligação LIP-Lapa, via expressa com 8,7 km de extensão que ligará a Estação até a praça Newton Rique, na região do Iguatemi, de onde será feita a integração com o metrô. Do terminal à praça, a via será construída nos canteiros centrais das avenidas Vasco da Gama, ACM e Juracy Magalhães.

Antes da via propriamente dita, segundo Fábio Mota, serão construídos complexos de viadutos nas regiões da Lucaia, Parque da Cidade e na avenida ACM, na altura do hiperposto, com o objetivo de diminuir a quantidade de semáforos e melhorar a fluidez no tráfego. Além disto, será criado um "mergulho" para ligar a Praça Newton Rique à avenida Tancredo Neves.

"Todas as pesquisas mostram que o trecho entre a Lucaia e o Iguatemi é o de maior congestionamento, com o maior número de veículos que passam diariamente. A ideia é começar a obra ao mesmo tempo que a da Estação da Lapa, pois são complementares, assim como à licitação dos ônibus", explica o secretário.

Nesta quinta-feira, 22, o Conselho de Meio Ambiente do Município de Salvador (Comam) se reúne na sede da Secretaria Municipal de Urbanismo e Transporte (Semut) para apreciar o processo de Licença Prévia do BRT. Após a aprovação, a prefeitura inicia o processo de licitação das obras, cujo orçamento é estimado em R$ 1 bilhão.

Por Thaís Seixas
Informações: A Tarde Online


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960