Grande Recife: Linha Camaragibe/Derby começará a operar exclusivamente com BRT

domingo, 29 de junho de 2014

A operação do corredor Leste/Oeste terá novas mudanças, a partir da segunda-feira (30). Com 06 estações funcionando – Capibaribe, BR-101, Getúlio Vargas, Forte do Arraial, Abolição e Derby -, a linha 2480 – Camaragibe/Derby começará a operar exclusivamente com BRT, o Via Livre, no horário das 4h30 às 22h. Toda a frota de ônibus convencional desta linha sairá de circulação e a operação será apenas do Terminal Integrado de Camaragibe passando pelo corredor exclusivo da Av. Caxangá até a estação Derby. 

Os usuários devem ficar atentos as mudanças de itinerários. Os passageiros que tiverem como destino a Rua das Creoulas e imediações devem utilizar a linha 2460 – TI Camaragibe (Príncipe). Os atendimentos que eram feitos aos bairros de Joana Bezerra e Ilha do Leite serão viabilizados através de integração temporal.

As pessoas que tem como destino o Joana Bezerra poderão utilizar os BRTs da linha 2480 ou a linha convencional 2450 – TI Camaragibe (Centro), descer na Praça do Derby e pegar a linha 916 – Ouro Preto em uma das paradas da Av. Agamenon Magalhães no sentido Joana Bezerra. Os usuários que desejarem seguir para a Ilha do Leite deverão utilizar a linha 2450 – TI Camaragibe (Centro), ou 2460 – TI Camaragibe (Príncipe), descer em uma das paradas da Av. Caxangá e fazer integração temporal com a linha 431 – Cidade Universitária (TRT). Ou, ainda, quem optar pelo BRT com a linha 2480 – Camaragibe/Derby, descerá em uma das estações a partir da Estação Getúlio Vargas e fará a integração temporal com a 431.

Com o início dessa operação, linha 2450 – TI Camaragibe (Centro) terá um reforço de 4 veículos, passando a operar com uma frota de 17 ônibus e realizando 116 viagens. O Via Livre estará operando com 14 veículos e 93 viagens. É importante ressaltar que, com a integração temporal, os usuários terão até 2 horas para validar o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) nas linhas citadas sem pagar uma nova passagem. A integração temporal só é válida para quem possui o Vale Eletrônico Metropolitano. 

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960