No Recife, Nem os improvisos vão dá tempo para a copa

terça-feira, 13 de maio de 2014

Há um mês da Copa do Mundo, os corredores de ônibus previstos para funcionar a partir deste mês, no Grande Recife, ainda não estão prontos. Na capital pernambucana, a previsão inicial de investimento foi de R$ 918 milhões para obras de mobilidade urbana, de acordo com o plano estratégico de investimento no desenvolvimento do país, a matriz de responsabilidades.

Nem o improviso vai dá tempo, um verdadeiro absurdo com o dinheiro público, pois foram destinados milhões para construir horríveis pontos de ônibus que em breve serão demolidos para construir as estações de acordo com os padrões originais dos BRT´s.

Quem passa pela avenida Conde da Boa Vista fica abismado com uma parada feia e pequena, ou seja, não vai servir pra nada.

Em mobilidade, são sete projetos previstos na matriz. O projeto prevê ainda, a conclusão neste mês do ramal da cidade da copa e da passarela do aeroporto. O secretário Executivo da Copa do Mundo em Pernambuco, Ricardo Leitão, conversou com o repórter Carlos Simões e detalhou a situação dessas obras.

Ainda de acordo com o secretário, depois da copa, as obras vão continuar. A previsão é que os corredores exclusivos de ônibus fiquem prontos até setembro deste ano.

Informações: JC Online e Blog Meu Transporte

2 comentários:

Nao seria "nao vai daR tempo..."

Adriano Pereira disse...

Vai virar um "elefante branco" pós copa.

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960