Metroviários de SP realizarão grande ato público

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Em Campanha Salarial, os metroviários de São Paulo estão organizando um grande ato público para a próxima quinta-feira (15 de maio). A categoria conta com cerca de 9.500 trabalhadores e tem data-base em 1º de maio.

Já foram realizadas três reuniões com o Metrô, que disse não a todas as reivindicações dos metroviários. As reuniões aconteceram nos dias 6, 8 e 13 de maio, sempre no Hotel Marabá (avenida Ipiranga nº 757, próximo à estação República do metrô). 

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo está procurando negociar diretamente com o governo do Estado, já que as reuniões com os representantes da empresa em nada avançaram. Para forçar a realização de uma reunião com o secretário de Transportes (Jurandir Fernandes), várias atividades estão programadas.

No dia 15 de maio, a partir das 10h, em frente ao Hotel Marabá, será realizado o Dia de Luta e Mobilização dos Metroviários. Trabalhadores de todos os departamentos da empresa foram convocados a participar do ato. Antes disso, nos primeiros minutos do dia 15, uma passeata de metroviários seguirá da estação República até a Praça da Sé. Eles caminharão com tochas durante o percurso. 

Principais reivindicações: 35,47% de reajuste salarial (7,95% referente perdas salariais mais 25,5% de aumento real por produtividade), equiparação salarial, 36 horas semanais, reposição do quadro de funcionários e fim da privatização e da terceirização.

Fonte: Sindicato dos Metroviários de SP 

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960