Licitação do transporte no Recife emperrou, Rodoviária São Paulo e Rodolinda estão fora

quinta-feira, 1 de maio de 2014

Pelo menos duas empresas que hoje operam o transporte por ônibus na Região Metropolitana do Recife já estão fora do futuro sistema que está sendo licitado. As empresas São Paulo Ltda e Rodolinda Transporte e Turismo Ltda não passaram na primeira fase da segunda etapa da concorrência, que começou no início do ano e prevê uma nova operação para as linhas que não atenderão ao BRT (Bus Rapid Transit). 

Na fase de avaliação dos preços, as duas empresas deixaram de atender à exigência de documento que garante recursos para a prestação dos serviços contratados. Como o documento não foi apresentado, foram desclassificadas pela Comissão de Licitação.

A São Paulo e a Rodolinda disputavam o lote 6 juntamente com a empresa Rodoviária Caxangá S/A, única classificada. Depois de quase dez anos de discussões e ensaios, o governo de Pernambuco lançou a licitação do sistema de transporte público da Região Metropolitana do Recife, dividida em duas etapas. A primeira, que licitou os Corredores Leste-Oeste e Norte-Sul de BRT, teve o contrato assinado em novembro de 2013 e já deu início a fase de testes na primeira semana de abril. 

A segunda etapa da licitação passou pela avaliação de preços e no final de março foram abertos os envelopes de habilitação, que é a fase atual, onde está sendo avaliada a documentação das empresas. Não há prazo, por enquanto, para o resultado final.

A segunda etapa representa um sistema avaliado em R$ 10,5 bilhões, com os corredores: José Rufino e Abdias de Carvalho, Mascarenhas de Moraes, Rosa e Silva, Rui Barbosa e Avenida Norte, Beberibe e Presidente Kennedy, Domingos Ferreira e BR-101 Cabo/Ipojuca.

Postado por Roberta Soares

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960