Cuiabá tem o maior projeto de mobilidade urbana, diz ministro

quinta-feira, 24 de abril de 2014

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, afirmou nesta quarta-feira (23) que Cuiabá tem, entre as 12 sedes escolhidas pela Fifa, o melhor projeto de legado da Copa do Mundo.

"Na área de mobilidade urbana, não há nada no Brasil que se compare ao esforço que se faz em Cuiabá para deixar a cidade com outro panorama, depois do Mundial de Futebol", disse o ministro, em entrevista, na manhã de hoje, antes de uma visita à Arena Pantanal, no bairro Verdão.

Rebelo integra a comitiva do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, que faz a última vistoria no estádio, antes que a entidade assuma o controle do estádio, em 23 de maio, para preparação do local para a Copa do Mundo.

A vistoria faz parte de uma série de visitas que começou, ontem, em São Paulo e Curitiba, e se encerra em Fortaleza.

O ministro reconheceu o atraso na maioria das obras, mas observou que a capital mato-grossense, hoje, tem um perfil bem melhor do que outras sedes, onde foram ou estão sendo executadas obras.

Ele também minimizou as críticas que alguns veículos de comunicação fizeram sobre os atrasos nas obras - entre elas, a da Arena Pantanal.

"Não concordo com algumas críticas, principalmente em relação à Arena Pantanal. Recentemente, o estádio foi palco de um jogo [Mixto x Santos, pela Copa do Brasil], que foi mostrado pela TV para todo o Brasil e revelou o andamento da obra", disse.

98% das obras

Antes de visitar a Arena Pantanal, Valcke visitou a Escola Municipal Maria Ambrósio, no bairro Jardim Imperial, onde se desenvolve o projeto Fifa Football for Health.

Além do ministro Rebelo, integram a comitiva do secretário-geral da Fifa o ex-jogador Ronaldo, membro do Comitê Organizador Local (COL), o prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, o governador Silval Barbosa e o secretário estadual da Copa, Maurício Guimarães.

Em suas visitas anteriores à capital mato-grossense, Valcke e os membros do COL elogiaram as obras do estádio, mas cobraram celeridade na conclusão do projeto.

Desta vez, o grupo irá encontra a obra praticamente pronta, uma vez que a arena se encontra com 98% dos serviços concluídos e passa apenas por etapas de acabamento, limpeza e finalização na instalação das cadeiras.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960