Câmara Temática de Transporte Coletivo discute tarifa de ônibus em Palmas

quinta-feira, 24 de abril de 2014

O secretário municipal de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte (Samot), Christian Zini, recebeu na tarde desta terça-feira, 22, representantes da Câmara Temática Permanente do Transporte Coletivo do Conselho Municipal de Acessibilidade, Mobilidade e Transporte (CMAMT) para discutir o valor da tarifa de ônibus coletivo na Capital.

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros do Tocantins (Seturb) encaminhou, no dia 18 de dezembro de 2013, uma proposta de revisão da tarifa do transporte coletivo, solicitando um aumento de R$ 2,50 para R$ 2,86 na tarifa (equivalente a 14,36% de aumento).  Para analisar o assunto foi montada uma comissão e um estudo foi elaborado. O resultado deste levantamento foi apresentado pelo titular da Samot aos membros da câmara temática nesta terça.
Na oportunidade, foi apresentada planilha de gastos das empresas responsáveis pelo transporte coletivo com pessoal, manutenção de ônibus, combustível entre outras. Foi abordada ainda a quantidade de usuários beneficiados com a gratuidade no transporte coletivo, estudantes que pagam metade e ainda o custo do sistema operacional.

As informações serão apresentadas aos conselheiros na reunião ordinária do CMAMT que ocorrerá na próxima quinta-feira, 24, às 14h, no auditório do Instituto de Previdência Social do Município de Palmas (PreviPalmas). Segundo Christian Zini, que também é presidente do CMAMT, por se tratar de assunto de extrema relevância à sociedade, a reunião será aberta ao público.

“Esta discussão envolve toda sociedade e só haverá deliberação após a participação e conhecimento de todo Conselho. Haverá uma próxima reunião do CMAMT e após 15 dias desta reunião ordinária que iremos definir”, afirmou Zini.

Fazem parte da Câmara o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros do Tocantins (Seturb), o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Palmas (Sisemp), o Conselho Regional de Economia do Tocantins (Corecon), Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Palmas (Sisemp), a União Metropolitana dos Estudantes Secundaristas de Palmas (Umesp), o Sindicato dos Motoristas e Trabalhadores em Transportes Rodoviários e Operadores em Máquinas no Estado do Tocantins (Simtromet) e Diretórios Centrais de Estudantes (DCE’s).

Informações Conexão Tocantins

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960