Prefeitura do Rio apresenta protótipo do VLT que circulará no Centro e na Zona Portuária

sexta-feira, 28 de março de 2014

O prefeito Eduardo Paes apresentou, na manhã desta quinta-feira, o protótipo do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) que circulará no Centro e na Zona Portuária. Ele ficará aberto à visitação pública entre os galpões ferroviários da Gamboa, próximo ao Túnel Ferroviário do Morro da Providência. De acordo com a prefeitura, o objetivo é permitir que a população conheça o novo modelo de transporte - uma espécie de bonde moderno e elétrico.

O VLT vai ter integração para passageiros de barcas, aeroporto, trens, metrô, teleférico, ônibus convencionais e BRTs. O protótipo ficará aberto à visitação, todos os dias da semana, entre 9h e 20h. De acordo com Paes, o primeiro VLT vai entrar em operação no segundo semestre de 2015. A expectativa é que o novo modelo de transporte esteja operando com toda capacidade no primeiro semestre de 2016.

Formado por sete módulos articulados, ele vai circular 24 horas por dia e terá capacidade para transportar 285 mil pessoas diariamente. O sistema compreende 28 quilômetros de percurso e, além dos trilhos por onde o veículo vai passar, a obra abrange a implantação de paradas e sinalização especial para que VLT, carros, ônibus e pedestres possam compartilhar as vias da cidade com segurança.

— O VLT é o transporte de todos os transportes. De tudo que a gente está fazendo, de intervenções de infraestrutura, ele é o mais simbólico para a recuperação do Centro do Rio. A mobilidade é o grande gancho — disse Paes.

Informações: O Globo

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960