Em Salvador, Trânsito no Iguatemi será modificado no início de 2014

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Uma das vias de maior fluxo de veículos de Salvador, o Iguatemi, passará por uma mudança a partir de janeiro. Segundo o prefeito ACM Neto, em entrevista à rádio CBN, o projeto, que antecede as obras do BRT Lapa-Iguatemi, com início em abril, pretende facilitar o tráfego na região.

"Na primeira etapa, de curtíssimo prazo, que vai acontecer no começo do ano que vem, nós vamos fazer um conjunto de mudanças de mão, de alargamento de via e de reposicionamento de faixas", disse o prefeito.

Neto completa que o problema do trânsito só será cessado após a segunda etapa do projeto, que inclui o sistema BRT (Bus Rapid Transit, na sigla em inglês) Lapa-Iguatemi. Serão feitas vias exclusivas de ônibus articulados e climatizados, três viadutos, cinco elevados e nove estações de embarque e desembarque.

Salvador terá R$ 600 milhões para BRT entre Lapa e LIP
O trecho será entre a estação da Lapa e o Iguatemi e passará pela avenidas Vasco da Gama, Juracy Magalhães e ACM. Além do sistema estar integrado aos corredores da Paralela ao aeroporto e da Pituba à orla.
A expectativa é de que os 8,6 km de avenidas que ligam os dois pontos seja feito em 16 minutos. A previsão é de que as obras sejam finalizadas no início de 2016.

A equipe de reportagem do Portal A TARDE entrou em contato com a assessoria da Superintendência de Trânsito e Transporte do Salvador (Transalvador), que informou que os detalhes das mudanças serão divulgados até o final da tarde desta quarta-feira, 18.

READ MORE - Em Salvador, Trânsito no Iguatemi será modificado no início de 2014

Sistema BRT de Porto Alegre deve ser concluído só em 2015

O sistema Bus Rapid Transit (BRT) está sendo implantado por etapas em Porto Alegre. Atualmente, segundo o engenheiro Rogério Baú, coordenador técnico da Secretaria Municipal de Gestão, estão sendo colocadas placas de concreto mais resistentes, já que o BRT tem uma estrutura mais pesada do que a dos ônibus convencionais. A instalação e a reformulação das paradas devem ocorrer até 2015, conforme Baú. A expectativa é de que algumas estações, localizadas na zona Sul da Capital, já entrem em funcionamento no final do ano que vem, mas o sistema só irá operar a pleno em 2015.

“As estações atenderão ao sistema BRT e terão diversas informações para os usuários. Esse sistema agrega o melhor do sistema do metrô, não só pela rapidez, mas pela capacidade de carregamento também, e o melhor do sistema de ônibus, que é a questão da flexibilidade das linhas”, explica. Com os BRTs, é possível, por exemplo, incluir novas vias e, assim, criar outras linhas, com uma facilidade muito maior do que em se tratando de metrô.

Após algumas mudanças no projeto inicial do sistema, houve especulações de que os corredores de ônibus não teriam espaço para as estações planejadas. A preocupação, contudo, não é fundamentada, de acordo com o engenheiro. “Todos os corredores que estão sendo implantados terão espaço para as estações. Não há com que se preocupar”, garante.

No total, serão quatro corredores exclusivos para o BRT, nas avenidas Bento Gonçalves, João Pessoa, Protásio Alves e Padre Cacique. A estrutura deve ser finalizada em 2014. O ônibus do sistema terá 23 metros de comprimento, capacidade total de 166 passageiros, sendo 62 sentados e 104 em pé, ar-condicionado, rampa de acesso, box para cadeirantes, duas saídas e câmera de monitoramento interno. A previsão inicial era de que as obras nos corredores das regiões Sul, na avenida Padre Cacique, e Leste, na avenida Protásio Alves, estivessem concluídos ainda neste ano, mas isso não deve ocorrer. 

Informações: Jornal do Comércio


READ MORE - Sistema BRT de Porto Alegre deve ser concluído só em 2015

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960