Grande Recife: Usuários de Parque Capibaribe farão parte do SEI

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

A partir amanhã (08/01), o Grande Recife Consórcio de Transporte inicia a operação de uma nova linha de ônibus para atender a comunidade de Parque Capibaribe, em São Lourenço da Mata. A linha 492 – Parque Capibaribe (Integração), que irá operar com tarifa do anel A (R$1,85), fará parte do Sistema Estrutural Integrado – SEI, integrando no Terminal de Camaragibe. Com a nova linha, os usuários terão acesso a benefícios como a redução de custos com o transporte e mais opções de deslocamento.

A nova linha ofertará um serviço de 77 viagens aos domingos, 93 aos sábados e 119 viagens diárias (dias úteis). O início da operação também proporcionará novas opções de itinerários para a comunidade - que até então só possuíam ligação direta com a região central da capital, através da linha 456 – Parque Capibaribe. Com a mudança, a linha 456, que realiza viagens diretas ao centro do Recife cobrando a tarifa do anel B (R$ 2,80), sem direito ao SEI, terá sua operação suspensa também neste sábado.

Além da criação da nova linha o Consórcio reforçará o serviço de outras quatro linhas (ver lista abaixo) que integram no Terminal Integrado de Camaragibe. O reforço proporcionará aos usuários, além da redução do tempo de embarque nestas linhas - que irá variar entre cinco e 12 minutos nos horários de pico - opções de deslocamento para os bairros da Macaxeira, Derby, Rua do Príncipe e a Avenida Conde da Boa Vista, pagando apenas uma tarifa do anel A (equivalente a R$1,85).

Benefícios – O primeiro benefício a ser sentido, de imediato, pelos usuários será a redução do custo, já que a tarifa da linha que oferece a opção da integração cairá do anel B (R$ 2,80) para o A (R$ 1,85). Isso significa, por exemplo, que um usuário que reside na comunidade e precisava se deslocar diariamente (durante a semana) para o bairro de Boa Viagem, para trabalhar ou estudar, pagava quatro passagens - sendo duas do anel A e duas do anel B todos os dias, totalizando um gasto diário de R$ 9,30.

Agora, este mesmo usuário passará a pagar apenas duas tarifas (do anel A) por dia, totalizando uma economia de R$ 5,60 diariamente, já que ao apanhar o ônibus em Parque Capibaribe, seguirá até o TI Camaragibe, onde irá descer e pegar outro coletivo sem a necessidade de pagar uma nova passagem. O mesmo acontecerá no seu retorno.

Os usuários estão sendo informados através de cartazes afixados nos coletivos, panfletos distribuídos nas linhas que operam no TI Camaragibe, além de um carro de som anunciando a novidade dentro da comunidade. Para mais informações sobre o itinerário da nova linha, os interessados podem entrar em contato com a Central de Atendimento ao Cliente, pelo telefone 0800 081 0158. Dúvidas, sugestões e reclamações também podem ser esclarecida/realizadas pelo telefone citado ou através da Ouvidoria pelo link www.granderecife.pe.gov.br/ouvidoria.asp.

TIP - Além da nova linha o Grande Recife também irá proporcionar a partir de sábado (08/01) uma nova opção de integração. A linha São Lourenço TIP irá realizar integração, por bilhete, no Terminal Integrado de Passageiros (TIP).

A integração funcionará da seguinte forma:

Sentido São Lourenço/TIP:
Em dinheiro – O usuário paga R$2,80 (tarifa R$ 1,85 + complemento de R$ 0,95) e recebe um bilhete para integrar com o Metrô.

Com o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) – O passageiro paga a tarifa “A” (R$1,85) e ao utilizar o validador do Metrô será descontado o complemento de R$ 0,95.

Sentido TIP/São Lourenço:
Em dinheiro – Em qualquer estação o usuário informa que deseja realizar a Integração. Para isso ele deve pagar R$ 2,80 (tarifa de R$1,40 + complemento de R$1,40) e recebe um bilhete para integrar nos ônibus.

Com o Vale Eletrônico Metropolitano (VEM) – O passageiro deve pagar a tarifa do Metrô, equivalente a R$1,40; no validador será descontado o complemento de R$1,40.

Fonte: CGRT

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960