Salvador: Ferroviários paralisam atividades por tempo indeterminado

quinta-feira, 2 de setembro de 2010


Os moradores do subúrbio ferroviário de Salvador acordaram na manhã desta quinta-feira, 2, mais uma vez com os trens de transporte de passageiros parados. Por causa da interrupção do serviço, iniciada ontem, os mais de 8 mil usuários do sistema são obrigados a usar o transporte coletivo para se deslocar pagando R$ 2,30, quando a passagem dos trens é de apenas R$ 0,50.

Os ferroviários da CTS (Companhia de Transporte de Salvador) decidiram interromper as atividades por tempo indeterminado, depois de assembléia realizada na manhã de ontem. De acordo com José Raimundo, diretor de comunicação do Sindicato da categoria, as atividades foram paralisadas por conta dos salários que estão atrasados e o não recebimento do tíquete-alimentação e do vale transporte que, segundo ele, deveriam ser pagos no último e penúltimo dia útil de cada mês, respectivamente.

A prefeitura alega que não há atraso e que os pagamentos são realizados até o 5º dia útil de cada mês. Para Raimundo, esta afirmação não é válida. "Caso a prefeitura continue com esse expediente, vamos fazer outras paralisações", ameaçou. O diretor de comunicação ainda informou que quatro mesas de negociação entre categoria e prefeitura foram realizadas, mas não houve acordo em nenhuma delas.

Fonte: A Tarde


0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960