Greve de ônibus em Brasília na próxima segunda

segunda-feira, 7 de junho de 2010


A partir da meia noite da próxima segunda-feira (14/6), a população que depende do transporte público deve ser prejudicada com a greve dos rodoviários. A paralisação foi aprovada em assembleia da categoria realizada no domingo (6/6). Eles pedem reajuste salarial e outros benefícios.
Segundo o diretor do Sindicato dos Rodoviários, Lúcio Lima, a pauta de reinvidicações está aprovada desde 30 de março, mas não houve sucesso na negociação com as empresas de ônibus. "Não restou outro caminho se não a greve", afirma.
Antes da paralisação, haverá uma nova assembleia. No entanto, a categoria garantiu que não desistirá da greve durante o encontro caso não seja oferecida nenhuma proposta aceitável aos trabalhadores até lá.
De acordo com Lúcio Lima, houve uma tentativa de negociação com as empresas há aproximadamente 15 dias. "Enviamos a pauta aos empresários no início de abril. Teve abril e maio todo para as negociações. Mas as empresas se recusaram a aceitar nossa proposta", explica.
Paralisação
Quase todas as empresas de ônibus vão aderir à greve. Apenas o Transporte Coletivo de Brasília (TCB) ficou de fora porque houve uma negociação com os servidores, de acordo com o presidente da empresa, Jorge Saiki. "A greve é geral e por tempo interminado", explica Lúcio Lima. O diretor ressaltou, ainda, que 30% dos serviços continuarão a funcionar. "Estaremos cumprindo a lei que determina funcionamento parcial."
Reivindicações
A categoria pede 20% de reajuste salarial e o mesmo percentual no tíquete da cesta básica. Além disso, entre os principais pedidos estão plano de saúde, licença maternidade, fim da obrigatoriedade da jornada extra e renovação da frota de ônibus com motor traseiro.
Em relação à jornada extra de trabalho, o diretor do Sindicato dos Rodoviários explicou que esse extra é obrigatório apenas para alguns, mas quase 100% dos servidores cumprem a jornada. "Isso cansa muito a categoria. Alguns chegam a trabalhar quase 12 horas seguidas", diz.
Sobre a renovação da frota, Lúcio disse que cidades que priorizam o transporte público já possuem ônibus com motor traseiro: "Esse coletivo oferece mais comodidade aos motoristas e também aos passageiros". A categoria quer que o governo torne isso obrigatório.

Siga o Blog Meu Transporte pelo Facebook
Fonte: Correio Brasiliense

26 comentários:

Salomão Sousa disse...

o transporte mais vagabundo do planeta!
sem cumprimento de horário, sem código de conduta dos motoristas e cobradores! sem sistematização de grade de horário e de percursos!
sem fiscalização! o DFTRANS é de mentirinha.

Salomão Sousa disse...

cadê os ônibus do Núcleo Bandeirante fazendo a linha UnB à noite? A Esplanada fica sem ô nibus após as 18h30. Ou passam direto ou o dono da VIPLAN leva para a casa dele! cadê o bom transporte de Brasília?

Daniel disse...

Falta respeito à população de Brasília que depende de Onibus,isso tem que mudar eu estou revoltado com essas situações de atraso,falta de transporte e de motorista que ignora passageiro na parada de onibus.

Nathália disse...

Será que a greve começa só segunda mesmo? Porque, parece que hoje os ônibus já não estão passando normalmente. No guará por exemplo, agora de manhã estão passando só micro ônibus.

Vanessa disse...

Pois é...Alguns onibus já começaram essa greve hoje...os onibus que estão passando agora estão lotados! mais uma vergonha para Brasília!

Zélia disse...

Que falta de respeito com os usuários esta paralização de hoje sem aviso no Setor O não tem ônibus

Camila disse...

No setor o ainda não tem ônibus..? Inacreditável!È uma falata de respeito fazer greve sme pelo menso avizar!!! Rodoviarios mais respeito neh?!

Anônimo disse...

que falta de consideração conosco passageiros, pois temos que aguentar onibus velhos e quebrados, sujos ou molhado no periodo da manhã e agora Greve. até quando isso vai ser? quando podemos ver mudanças? estar na hora de fazer-mos uma virada, olhe as eleições chegando.

J.C. disse...

Muita gente pede pra que eles liberem a catraca mas eles não vão fazer isso pois querem é usar a população tambem como forma de forçar os empresarios e o governo. Se a população fosse beneficiada eles acreditam que não teriam a mesma força então preferem não circular prejudicando todo mundo.

Soriedem disse...

Hj estava passando apenas obibus lotados e motoristas ignorando sinal dos passageiros.

da 7:20 até as 8:40 para conseguir pegar um onibus.

e eles ainda querem almento salarial.
e as pessoas que depende dos onibus?
o que fazem ?
Monta em cima de um JUMENTO e vai trabalhar ou ir a escola?


Não a Greve, eles estao muito folgados.

Marina Souza disse...

É hora de nós passageiros nos manifestar tbm, somos usados em tudo que acontece! Somos prejudicados com e sem ônibus, por que o que vemos são motoristas e cobradores sem educação, que não tem respeito algum com a gente que precisa desse transporte.
População Vamos dá Um Basta.

Pedro Miguel disse...

acredito que se liberassem as cratacas resolveria.
espero que nao dure muito essa greve, vai prejudicar varios setores.
uma falta de respeito começar a greve hoje sem avisar, achei digno avisar que começaria dia 14, mas adiantar isso foi um insulto.

Anônimo disse...

o transporte de Brasília é uma porcaria, não vele nada, barulhento, fedorento e mais alguns entos por ai, sem contar nos motoristas e cobradores mal educados que temos que aguentar, tá na hora de darmos um basta nisso. vamos tirar esses políticos safados do senado que não fazem nada pela população, só roubam, roubam e enriquecem as nossas custas.

mili disse...

ISSO É RIDICULO, NOSSA ELES NAO QUEREM TRABALHAR E A GENTE QUE QUER NAO PODE IR, TEMOS COMPROMISSOS IMPORTANTES, PODEMOS ESTA PRECISANDO DE IR NO HOSPITAL URGENTE, E ENTAO COMO FAZEMOS, DEPENDER DE TRANSPORTE PUBLICO É PESSIMO.

verenna disse...

Acho justo as reivindicações...e necessária a greve. No nosso país as coisas só funcionam sobre pressão, infelizmente!
No entanto, para se reivindicar seus direitos, se faz importante cumprir com seus deveres. Já cansei de ser ignorada no ponto de ônibus e chegar atrasada na faculdade. Sem falar da alta velocidade que os motoristas andam, colocando em risco a vida de milhares de passageiros.
Fico indignada e chateada em ser ignorada no ponto de ônibus depois de meia hora esperando.

Anônimo disse...

PORQUE NÃO LIBERAR A CATRACA, NÃO PREJUDICA A POPULAÇÃO, SÓ OS EMPRESÁRIO, QUE É A MAIOR MÁFIA DE BRASILIA, TUDO AMIGO DO RORIZ. OS EMPRESARIOS FIZERAM TUDO PARA TIRAR OS PIRADAS, TÁ NA HORA DE VOLTAREM....É AGORA OU NUNCA.
A PASSAGEM É ABSURDA O TRANSPORTE E RESPEITO UMA VERGONHA...CAPITAL FEDERAL...SE FOSSE NO RIO TOCAVA FOGO EM UMA MEIA DUZIA DE BUSÃO E PRONTO.....INDIGNAÇÃO.

Clara disse...

O transporte de Brasilia é uma vergonha para a capital do Brasil.As pessoas vão espremidas no ônibus, em uma situação pior que a de uma animal.Eu pego ônibus todos os dias e uma vez eu consegui ir sentada na linha 517 de Sobradinho II, sempre vou na porta sem nem ao menos ter onde segurar.E essa greve está atrapalhando a vida de toda a população que depende do transporte público.

Anônimo disse...

Greve!!! Eles não merecem aumento! Eles não respeitam os usuários do transporte coletivo. Eles derrubam as pessoas qdo estão subindo no coletivo, fecham carros nas ruas, dirigem feito loucos e não respeitam horários. Sempre que ganham aumento é por conta de greve e não por mérito. eu acho que devia botar esse povo na rua e contratar quem queira ganhar o salário deles. tem gente que aceita e respeita!

Anônimo disse...

Cadê o onibus quando se precisa,tem muita gente que depende do onibus:pra trabalhar e estudar.E esses trabalhadores fica aí querendo aumento.A cada ano esses vagabundos só querem aumento,aumento,aumento e assim vai.

Anônimo disse...

meu deus.eu vim para brasilia em 2009 achei que era uma cidade calma ,mas agora co esses rodoviarios fazemdo essa greve ta atrapalahando todos e a mim tamem
e outra coisa essas passagem estão muito caras 3$ no riode janeiro ta 1,20$ brasilia e o lugar mais caro em relação ao rio

Anônimo disse...

ESSA semana pequei um onibus sem freio nunhum,os onibus estao matando mais e ainda querem almentar a tarifa para 4.75 o governo nao pode altorizar essa vergonha no DF

Anônimo disse...

É engraçado esse povo, e esse aumento vai sair do bolso de quem mesmo heim?

marcelo dias disse...

quem é prejudicado com isso é população que vai acabar pagando depois disso. Dessa pouca vergonha que os empresarios tão fasdendo com essa frota de lixo no Df.

Anônimo disse...

O TRANSPORTE MAIS CARO DO BRASIL É AQUI E AINDA É DE PÉSSIMA QUALIDADE!!!QUE VERGONHA PARA A CAPITAL DO PAIS!!!

Anônimo disse...

Concordo com o Salomão: sem cumprimento de horário, sem grade de horários e percursos. Adicione-se a escassez de ônibus, a frota desatualizada e o preço abusivo. É o caos!

Lurdinha disse...

Concordo plenamente com Salomão, nunca vi um transporte coletivo tão péssimo como este de Brasília, é o pior que existe no Brasil. sem horário, ônibus caindo aos pedaços, falta total de conduta e educação dos motoristas que brincam com a vida dos passageiros, eu mesma já fui vítima de queda dentro de ônibus, sofrendo lesões por falta de responsabilidade de motoristas, que também não respeitam paradas de ônibus, mesmo vc acenando para parar, muitos fazem questão de não pararem. é uma vergonha esse transporte estão tapando sol com peneira. cade o DFTRANS.

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

Loading...

Google+ Followers

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Brasil vai inaugurar mais de 250 quilômetros de BRT em 2014

Nova etapa das obras da Linha 4 do Metrô do Rio é iniciada na Gávea

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Governo estuda trem-bala de São Paulo a BH, Curitiba e Brasília

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960