São Luís: Novo prazo de cadastro e recadastro para cartões estudantis vai até dia 12

segunda-feira, 31 de maio de 2010


A Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) deu último prazo para que as escolas forneçam a relação atualizada de alunos para a emissão de cartões estudantis e de meia-passagem. O prazo foi prorrogado até o dia 12 de junho. Das 678 escolas e instituições de ensino cadastradas, 22% ainda estão com pendência de envio da lista de alunos para o cadastro no sistema de transporte coletivo.

Segundo a superintendente de Transportes, Liana Ramalho, com a nova prorrogação, a Secretaria visa abranger o maior número de escolas e alunos, garantido a todos os estudantes, devidamente matriculados, o direito à meia-passagem. A partir do fim da data da nova prorrogação, o banco de dados de 2009 será fechado. Com isso, só serão considerados os dados de 2010. Em consequência disso, o aluno que não foi informado pela escola não poderá comprar novos créditos, podendo utilizar apenas os créditos restantes no seu cartão comprados antes do fechamento do banco de dados.

O objetivo do fechamento do banco de dados do ano anterior (2009) para utilização apenas no novo ano letivo (2010) é garantir que apenas os alunos, devidamente matriculados no ano letivo em curso, sejam beneficiados com a meia-passagem. Os beneficiários contam com dois tipos de identificação estudantil para fazer uso do direito à meia-passagem: o cartão de meia-passagem e o cartão estudantil. O primeiro é emitido gratuitamente pela Prefeitura de São Luís e deve ser utilizado exclusivamente para a concessão desse benefício.

A emissão do cartão estudantil é de responsabilidade das entidades estudantis e agrega o direito à meia-passagem e à meia entrada.

Fonte: 45 Graus

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960