Ônibus de Ananindeua ampliam itinerário devido a greve

terça-feira, 18 de maio de 2010

Cerca de 80 ônibus de oito linhas internas do município de Ananindeua, região metropolitana, vão ampliar a partir desta terça-feira (18) o itinerário para suprir a necessidade de transporte coletivo durante o período de greve dos rodoviários de Ananindeua e Marituba, deflagrada nesta segunda-feira (17). Os ônibus que circulam internamente em Ananindeua e vão até o shopping Castanheira agora farão o percurso até o bairro de São Brás, em Belém.
A ampliação de itinerário até a capital foi possível por meio da autorização que a Prefeitura de Ananindeua, por meio do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte de Ananindeua (Demutran), órgão que administra o transporte coletivo no município, cedeu às cooperativas de linhas internas no final da tarde desta segunda-feira (17), após aprovação da Companhia de Transportes de Belém (Ctbel).
Segundo o Demutran, esta é uma decisão inédita em Ananindeua.As linhas municipais de Ananindeua envolvidas na ampliação da rota atendem aos bairros de Águas Lindas, Cidade Nova, Júlia Seffer, Icuí, 40 Horas, Jaderlândia, Guanabara e Anita Gerosa, antigo bairro do Aurá. "O prolongamento do itinerário desses ônibus vai permanecer até quando durar a greve.
Esta foi a forma encontrada pela Prefeitura, através do Demutran, de suprir a carência de transporte coletivo neste período, já que o papel do Departamento na greve é fiscalizar se as empresas metropolitanas estão cumprindo a circulação de 40% da frota", afirmou o Diretor Geral do Demutran, Bento Gouveia Jr. Apesar de terem o percurso alterado, o Demutran garante que será mantido o valor de R$1,60 da passagem dos coletivos.
Sobre fiscalização de veículos que fazem transporte clandestino de passageiros , o diretor informa que elas serão intensificadas em todo município. "Com a ampliação do percurso, garantimos que a população tenha acesso a um transporte regularizado, seguro e sem correr perigos no trânsito. Além disso, vamos intensificar as fiscalizações para coibir a proliferação de transportes coletivos clandestinos", concluiu Bento Gouveia Jr. (Diário Online com informação Ascom Prefeitura Municipal de Ananindeua)

Fonte: Diário do Pará

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960