Santo André estuda aumento na tarifa dos ônibus municipais

domingo, 31 de janeiro de 2010


A Prefeitura de Santo André estuda aumentar a tarifa dos ônibus municipais. A proposta analisada pela Secretaria de Obras e Serviços e pelo Executivo aponta para o valor de R$ 3,07, que foi sugerido pelos empresários do setor - um aumento de 22,8% em relação a passagem cobrada atualmente (R$ 2,50).
Na quarta-feira, a Aesa (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André) protocolou uma planilha de custos de insumos e de mão de obra na Secretaria de Obras e Serviços. Segundo os cálculos da entidade, o valor cobrado atualmente nos ônibus municipais é insuficiente para custear a operação do transporte.
Gerente geral da associação, Luiz Marcondes de Freitas Junior diz que o déficit é causado principalmente por conta do aumento na gratuidade das passagens. "O efeito foi cumulativo", afirma.
Segundo Freitas Junior, estudos da Aesa indicam que, nos últimos dez anos, a presença de passageiros que têm direito ao transporte gratuito no município aumentou em 625%.
Entre 2006 e 2009, o crescimento das gratuidades foi de 65% em Santo André, ainda conforme dados da entidade. Freitas Junior ressalta ainda que, no mesmo período, o número de passageiros que paga pelos bilhetes nas catracas caiu em 10% no município.
Outro motivo apontado para justificar o aumento proposto pela Aesa é o custo da mão de obra em Santo André. Segundo Freitas Junior, gastos com os empregados representam 70% das despesas das empresas que servem ao transporte público. E, no município, os salários destes funcionários seriam até 20% superiores aos praticados na Capital.
O aumento mais recente nas tarifas de coletivos em Santo André ocorreu em dezembro de 2008, quando o valor subiu de R$ 2,30 para R$ 2,50 (8,9%).
Depois de haver prometido, em nota emitida ao Diário dia 18 de dezembro, que nenhum aumento nos coletivos estava programado para este ano, a Prefeitura voltou atrás ontem. Em nota emitida ontem, a administração municipal "esclarece que não tinha nenhum interesse em aumentar as tarifas dos ônibus para o exercício de 2010, pois não tinha solicitação dos empresários do setor. A SA-Trans (Santo André Transporte) só se manifestará sobre o tema após criteriosa avaliação."

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960