No Rio, Corredor de ônibus T-5 terá R$ 1 bilhão do Governo Federal

quarta-feira, 18 de novembro de 2009


Depois de um encontro com vários ministros, o prefeito Eduardo Paes e o vice-governador Luiz Fernando Pezão disseram nesta terça-feira que a União garantiu recursos para financiar o T-5 (um corredor de ônibus expresso ligando a Zona Norte à Barra da Tijuca) e a reforma do Maracanã. Segundo Paes, a União vai liberar R$ 1 bilhão para o T-5.
De acordo com o prefeito, a iniciativa faz parte dos preparativos para a Copa do Mundo de 2014 e do chamado PAC da Mobilidade.
Paes e Pezão reuniram-se com os ministros Orlando Silva (Esportes), Paulo Bernardo (Planejamento) e Márcio Fortes (Cidades), além da subchefe de Articulação e Monitoramento da Casa Civil, Miriam Belchior, representante da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff.
- Estivemos discutindo o PAC do Mobilidade e a Copa. Ficou praticamente acertado que o governo federal vai financiar o T-5, algo em torno de R$ 1 bilhão - disse o prefeito.
O prefeito não explicou como será o pagamento desse financiamento.
O corredor T-5 deverá ter 28 quilômetros de extensão, com vias de quatro faixas. Paes disse que ainda haverá reuniões para se discutir as obras diretamente relacionadas às Olimpíadas de 2016 no Rio. Ele citou a reforma do Maracanã, embora essa seja uma obra ligada ao governo do estado.

0 comentários:

Seja Mais Um a Curtir o Blog Meu Transporte

 
 
 

O Brasil está pagando um preço alto pela falta de mobilidade

Hibribus (ônibus híbrido-elétrico) de Curitiba é elogiado por especialistas

Exemplo: Nova York ganhou 450 quilômetros de ciclovias em 04 anos

Brasil tem mais de cinco mil vagões de trem sem uso parados em galpões

Ônibus em corredores exclusivos é tão bom quanto o metrô

Os ônibus elétricos do Recife começaram a circular em junho de 1960